Expansão de Lymnaea Columella (SAY, 1817), molusco transmissor da fasciolose, no maciço de Baturité, estado do Ceará
PDF

Palavras-chave

Malacologia
Fasciola hepática

Como Citar

1.
Hélio Sampaio Furtado F, da Costa Cavalcante R, Fátima Ferreira Oliveira M, Costa do Nascimento F, Camurça Torres A, Henrique Moraes Alencar C, da Silva Gomes V. Expansão de Lymnaea Columella (SAY, 1817), molusco transmissor da fasciolose, no maciço de Baturité, estado do Ceará. Cadernos ESP [Internet]. 4º de outubro de 2019 [citado 30º de novembro de 2021];9(2):58-62. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/97

Resumo

Os moluscos do gênero Lymnaea são hospedeiros intermediários da Fasciola hepática, agente etiológico da fasciolose, uma zoonose de importância para a saúde pública. Objetivo: investigar a expansão da L. columella no maciço de Baturité, em virtude do primeiro registro no Ceará, ocorrido em 2008, no município de Mulungu. Material e Métodos: O inquérito malacológico foi realizado no maciço de Baturité, no município de Mulungu em 2008 e nos municípios de Aracoiaba e Baturité no período de 2009 a 2010 e consistiu na captura dos caramujos e marcação das coordenadas geográficas de rios, açudes e lagoas...

PDF