ANÁLISE DO PERFIL DOS ÓBITOS POR LESÕES AUTOPROVOCADAS DURANTE A PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1744

Palavras-chave:

Epidemiologia, Suicídio, Saúde Pública

Resumo

O suicídio constitui-se como um problema social de relevância para a Saúde Pública, pois apresenta-se como um  fenômeno complexo, multifacetado e que envolve diferentes realidades sociais. Descrever o perfil dos óbitos por lesões autoprovocadas durante a pandemia da COVID-19 em um município do Litoral Oeste do Ceará. Trata-se de um estudo documental descritivo com abordagem quantitativa, baseada nos dados de óbitos por suicídio registrados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) entre os anos de 2019 a 2021. As variáveis analisadas foram ano, sexo, faixa etária e tipos de violência. Os dados foram analisados no Microsoft Office Excel e apresentados em gráficos e tabelas. Observou-se que, durante o período analisado, foram registrados 95 óbitos por lesões autoprovocadas intencionalmente, posto que, ao longo dos anos, houve um aumento do número de casos. Torna-se imprescindível promover ações e programas principalmente de prevenção de suicídio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Rocha DDM, Oliveira ACD, Reis RK., Santos AMRD, Andrade EMLR, Nogueira LT. Comportamento suicida durante a pandemia da COVID-19: aspectos clínicos e fatores associados. Acta Paulista Enferm. 2022 Disponível em: https://acta-ape.org/article/comportamento-suicida-durante-a-pandemia-da-covid-19-aspectos-clinicos-e-fatores-associados/. DOI: https://doi.org/10.37689/acta-ape/2022AO02717

Sousa GS, Gomes NMR, Alves TC, Pereira MO. Repercussão da COVID-19 para a saúde mental e risco de suicídio. In: Esperidião E, Saidel MGB (Orgs.). Enfermagem em saúde mental e COVID-19. 2. ed. Rev. Brasília, DF: Editora ABEn; 2020. p. 56-64. (Série Enfermagem e Pandemias, 4).. Disponível em: https://doi.org/10.51234/aben.20.e04.c08. DOI: https://doi.org/10.51234/aben.20.e04.c08

Santos Júnior CJ dos, Santos IV, Silva JV dos S, Gomes V de M, Ribeiro MC. Perfil de pacientes atendidos por tentativa de suicídio em um Hospital Geral de Emergências do estado de Alagoas, Brasil. Medicina. 2019;52(3):223-30. DOI:10.11606/issn.2176-7262.v52i3p223-230. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/154860. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v52i3p223-230

Ministério da Saúde. Mortalidade por suicídio e notificações de lesões autoprovocadas no Brasil [Internet]. Boletim Epidemiológico 2021;52:1-10. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de conteudo/publicacoes/boletins/epidemiologicos/edicoes/2021/boletim_epidemiologico_svs_33_final.pdf.

Departamento de Informática do SUS - DATASUS. Óbitos por causas externas - Brasil [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2010 a 2019. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/ext10uf.def.

Ferreira FM, Sousa Lima G, Oliveira JGR. Análise epidemiológica dos suicídios em Camocim. Cadernos ESP. 2023;17(1):e1110-e1110. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1110/414. DOI: https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1110

Boas ACV, Monteiro QR da S, Silva RPM, Meneguetti DU de O. Perfil das tentativas de suicídio atendidas em um hospital público de Rio Branco, Acre de 2007 a 2016. Jour Human Grow Develop. 2019;29(1):57-64. DOI: http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.157750. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/jhgd/article/view/157750. DOI: https://doi.org/10.7322/jhgd.157750

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Sistema de Informação de Agravos de Notificação - Sinan. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2019 a 2022. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sinannet/cnv/violece.def.

Ministério da Saúde (BR). Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19. Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 2020. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/documento/saude-mental-e-atencao-psicossocial-na-pandemia-covid-19.

Organização Mundial de Saúde. Live Life: Um Guia de Implementação para Prevenção do Suicídio nos Países, 2021. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/9789240026629.

Mortalidade por suicídio e notificações de lesões autoprovocadas no Brasil [Internet]. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/boletin s/boletins-epidemiologicos/edicoes/2021/boletim_epidemiologico_svs_33_final.pdf.

Brasil. Lei Federal nº 10.216, de 06 de abril de 2001. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental.

Schuck FW. A influência da pandemia de COVID-19 no risco de suicídio. DOI:10.34119/bjhrv3n5-194. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/index.php/BJHR/article/download/17583/14273.

Amstalden ALF, Hoffmann MCC, Monteiro TPM. A política de saúde mental infantojuvenil: seus percursos e desafios. In: Lauridsen-Ribeiro E, Tanaka OY (Org). Atenção em Saúde Mental para Crianças e Adolescentes no SUS. São Paulo: Hucitec, 2010.

Rocha G. Condutas autolesivas: uma leitura pela Teoria do Apego. Rev Bras Psi. 2015;(2):62-70. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revbraspsicol/issue/download/1839/444.

Downloads

Publicado

28-12-2023

Como Citar

1.
Dantas Cavalcante Martins I. ANÁLISE DO PERFIL DOS ÓBITOS POR LESÕES AUTOPROVOCADAS DURANTE A PANDEMIA. Cadernos ESP [Internet]. 28º de dezembro de 2023 [citado 22º de abril de 2024];17(1):e1744. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1744
Received 2023-08-30
Accepted 2023-11-06
Published 2023-12-28