A ESPERANÇA VENCEU O MEDO: PSICOLOGIA HOSPITALAR NA CRISE DO COVID-19.

HOPE OVERCOME FEAR: HOSPITAL PSYCHOLOGY IN THE COVID-19 CRISIS

  • Maria Juliana Vieira Lima Psicóloga Hospitalar do Hospital São Camilo Cura D´ars
  • Elisângela Ferreira Lima Maia Gonçalves Psicóloga Hospitalar do Hospital São Camilo Cura D´ars.
  • Anna Beatriz Lima Paiva Vasconcelos Psicóloga Hospitalar do Hospital São Camilo Cura D´ars.
  • Amanda Revllen Saboia de Abreu Acadêmica de Psicologia do Hospital São Camilo Cura D´ars.
  • Sílvia Moura Mendonça Diretora Assistencial do Hospital São Camilo Cura D´ars.
Palavras-chave: Infecções por Coronavírus, Psicologia, Hospital, COVID-19, Prática Psicológica

Resumo

Com a intensidade da propagação do novo coronavírus, em 2020, o mundo teve que lidar com uma nova forma de organização, que incluiu isolamento social para grande parte da população e a necessidade de novas estratégias para o desenvolvimento de suas atividades, pelos profissionais de saúde. Os Serviços de Psicologia Hospitalar de muitos hospitais tiveram que adaptar suas estratégias de atuação para serem coerentes com as novas necessidades de intervenção junto aos pacientes, familiares e aos demais profissionais de saúde. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de descrever um relato de experiência de estratégias desenvolvidas pela Equipe de Psicologia Hospitalar de um hospital filantrópico de Fortaleza - CE, em tempos de pandemia do COVID-19. Dentre as atividades desenvolvidas, foi implantado o Plantão Psicológico de Atendimento Clínico para funcionários do Hospital; criação do Mural da Esperança, com notícias motivadoras; o uso do Sino da Vitória; criação de um kit de atividades lúdicas, que objetivou auxiliar o paciente a enfrentar a ansiedade durante o período da internação, dentre outras intervenções. As ações, ainda que com desafios, possibilitaram aos pacientes, familiares e profissionais do hospital a ressignificação das experiências ameaçadoras trazidas pelo COVID-19 e a transformação destas em esperança e superação.

PALAVRAS-CHAVE: Infecções por Coronavírus; Psicologia; Hospital; Vírus da SARS; Prática Psicológica.

 

ABSTRACT

With the intensity of the spread of the new coronavirus in 2020, the world had to deal with a new form of organization, which included social isolation for a large part of the population, and the need for new strategies for the development of its activities, by the professionals of Cheers. The Hospital Psychology Services of many hospitals had to adapt their operating strategies to be consistent with the new needs for intervention with patients, family members and other health professionals. This work was developed with the objective of describing an experience report of strategies developed by the Hospital Psychology Team of a philanthropic hospital in Fortaleza - CE, in times of the pandemic COVID-19. Among the activities developed, the Psychological Duty of Clinical Assistance was implemented for Hospital employees; creation of the Wall of Hope, with motivating news; the use of the Victory Bell, creation of a kit of recreational activities, which aimed to help the patient to face anxiety during the hospitalization period, among other interventions. The actions, albeit with challenges, enabled patients, families and hospital professionals to reframe the threatening experiences brought by COVID-19 and transform them into hope and overcoming.

KEYWORDS: Coronavirus Infections; Psychology; Hospital, SARS Virus; Practice, Psychological

 

RESUMEN

Con la intensidad de la propagación del nuevo coronavirus en 2020, el mundo tuvo que lidiar con una nueva forma de organización, que incluía el aislamiento social para una gran parte de la población, y la necesidad de nuevas estrategias para el desarrollo de sus actividades, por parte de los profesionales de Salud. Los Servicios de Psicología Hospitalaria de muchos hospitales tuvieron que adaptar sus estrategias operativas para ser consistentes con las nuevas necesidades de intervención con pacientes, familias y otros profesionales de la salud. Este trabajo fue desarrollado con el objetivo de describir un informe de experiencia de estrategias desarrolladas por el Equipo de Psicología del Hospital de un hospital filantrópico en Fortaleza - CE, en tiempos de la pandemia de COVID-19. Entre las actividades desarrolladas, se implementó el deber psicológico de asistencia clínica para los empleados del hospital; creación del Muro de la Esperanza, con noticias motivadoras; El uso de la Campana de la Victoria, creación de un kit de actividades recreativas, cuyo objetivo era ayudar al paciente a enfrentar la ansiedad durante el período de hospitalización, entre otras intervenciones. Las acciones, incluso con desafíos, permitieron a los pacientes, las familias y los profesionales del hospital replantear las experiencias amenazadoras que trajo COVID-19 y transformarlas en esperanza y superación.

PALABRAS CLAVE: Infecciones por Coronavirus; Psicología; Hospital; Virus del SRAS; Práctica Psicológica.

Referências

Simonetti A. Manual de Psicologia Hospitalar. São Paulo: Casa do Psicólogo; 2004.

Angerami-Camon VA. Psicologia Hospitalar. Teoria e Prática. São Paulo: Cengage Learning; 2010.

Grincenkov FRS. A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação. Hu Revista. 2020; 45(1):13-21.

Associação de Terapia Intensiva Brasileira. Recomendações para o bem-estar emocional da equipe multidisciplinar durante a pandemia pelo Sars-Cov-2: pelo Departamento de Psicologia da AMIB; 2020.

Grincenkov FRS. A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação. Hu Revista. 2020; 45(1):13-21.

Cambricoli F. Com falta de itens de proteção e médicos, país pode ter 'apagão' de mão de obra especializada. Notícias UOL, São Paulo, 29 mar. 2020.

Gragnani J. 'Cuidamos dos outros, mas ninguém cuida de nós': as enfermeiras expostas ao coronavírus por falta de equipamentos. BBC News Brasil, Londres, 24 mar. 2020.

Últimas notícias de coronavírus de 23 de março. G1, São Paulo, 23 mar. 2020.

Gil ME, Bertuzzi LD. Desafios para a psicologia no cuidado com o cuidador. Revista Bioética [Internet]. 2006;14(1):49-59.

Grincenkov FRS. A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação. Hu Revista. 2020; 45(1):13-21.

Bartholo MF. O lazer numa perspectiva lúdica e criativa. Cinergis. 2001;2(1):89-99.

FIOCRUZ. Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19. Recomendações para Gestores. Ministério da Saúde: Brasília; 2020.

Miyazaki MCOS, Maycoln T. Tópico 6: Luto. Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar; 2020.

FIOCRUZ. Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19. Processo de Luto no Contexto da COVID-19. Ministério da Saúde: Brasília; 2020.

Schmidt B, Crepaldi MA, Bolze DAS, Neiva-Silva L, Demenech LM. Impactos na Saúde Mental e Intervenções Psicológicas diante da Pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19). Revista Estudos de Psicologia (Campinas). No prelo; 2020.

Grincenkov FRS. A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação. Hu Revista. 2020; 45(1):13-21.

Ornell F, Schuch JB, Sordi AO, Kessler FHP. Pandemia de medo e COVID-19: impacto na saúde mental e possíveis estratégias. Rev Debates in Psychiatry. 2020;2-7.

Damas KCL, Munari DB, Siqueira KM. Cuidando do cuidador: reflexões sobre o aprendizado dessa habilidade. Revista Eletrônica Enferm. 2004; 6(2):272-278.

Publicado
2020-07-22