A esquizofrenia na perspectiva dos cuidadores

Conteúdo do artigo principal

Marcelo Machado de Almeida
Alberto Mesaque Martins
Celina Maria Modena

Resumo

Este estudo tem por objetivo compreender as concepções de cuidadores sobre o processo de adoecimento por esquizofrenia. Na perspectiva da Pesquisa Qualitativa e da Antropologia da Saúde foram entrevistados 15 cuidadores de pacientes que utilizavam um serviço de saúde mental do município de Lagoa da Prata ? MG. Os resultados revelam que para os cuidadores a esquizofrenia refere-se a uma doença grave e de difícil compreensão. Nesse sentido, aspectos biológicos, sociais e comportamentais foram apontados como elementos chave para explicações acerca da etiologia dessa enfermidade. Os entrevistados demonstraram grande preocupação quanto à evolução do quadro clínico, marcada pela incerteza da manutenção dos cuidados. Os participantes também chamaram a atenção para a fragilidade no diálogo e na comunicação com a equipe de saúde. Observa-se então a necessidade de maior investimento em ações educativas no âmbito da saúde mental que considerem não apenas os conhecimentos científicos, mas que também levem em conta os saberes já construídos na prática cotidiana pelos cuidadores.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Machado de Almeida M, Mesaque Martins A, Maria Modena C. A esquizofrenia na perspectiva dos cuidadores. Cadernos ESP [Internet]. 19º de setembro de 2019 [citado 27º de janeiro de 2023];6(2):22-30. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/48
Seção
Artigos Originais