ANÁLISE DA VIOLÊNCIA FÍSICA EM SANTA CATARINA, BRASIL

Conteúdo do artigo principal

Jonh Reinert Costa
Thiago Colpo
Guilherme Pasqual Fogaça
Stella Maris Brum Lopes
Graziela Liebel

Resumo

A violência física é um problema de saúde pública global. Este estudo tem como objetivo caracterizar a violência física em Santa Catarina por macrorregião relacionando aspectos sócio-demográficos em comparação a realidade brasileira.  A pesquisa incluiu os casos notificados de violência física em 2017, relativizados com os seguintes aspectos sociodemográficos: gênero, raça, escolaridade e renda média domiciliar per capita. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal descritivo. A coleta foi realizada a partir de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e do CENSO 2010.  As variáveis foram relativizadas pela população das macrorregiões. Em Santa Catarina, foram encontrados 2.510 casos de violência física em uma população de 6.819.124 pessoas, representando frequência de 3,68 casos para cada 10.000 pessoas, equiparando-se à média brasileira. Apesar disso, a maior prevalência no estado se deu em mulheres, segundo ciclo fundamental completo ou mais. Foram encontrados maiores índices na população branca, com nível de escolaridade mais alto e com renda per capita acima do salário mínimo vigente.  O presente estudo sugere, que em Santa Catarina os achados são contraditórios em relação a violência física de modo geral no Brasil.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Reinert Costa J, Colpo T, Pasqual Fogaça G, Maris Brum Lopes S, Liebel G. ANÁLISE DA VIOLÊNCIA FÍSICA EM SANTA CATARINA, BRASIL. Cadernos ESP [Internet]. 3º de março de 2022 [citado 25º de junho de 2022];16(1):57-65. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/571
Seção
Artigos Originais

Referências

Marinho Neto Kelly Roberta Estrela, Girianelli Vania Reis. Evolução da notificação de violência contra mulher no município de São Paulo, 2008-2015. Cad. saúde colet. [Internet]. 2020 Dec [cited 2021 Apr 17] ; 28( 4 ): 488-499. Available from: http://www.sielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2020000400488&lng=en. Epub Dec 16, 2020. https://doi.org/10.1590/1414-462x202028040404.

Nascimento Elaine Ferreira do, Gomes Romeu, Rebello Lúcia Emília Figueiredo de Souza. Violência é coisa de homem? A naturalização da violência nas falas de homens jovens. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2009 Aug [cited 2021 Apr 17] ; 14(4): 1151-1157. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000400021&lng=en. https://doi.org/10.1590/S1413-81232009000400021.

, 8-10, 12-14. Silva Maria Carmelita Maia e, Brito Ana Maria de, Araújo Alessandra de Lima, Abath Marcella de Brito. Caracterização dos casos de violência física, psicológica, sexual e negligências notificados em Recife, Pernambuco, 2012. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2013 Set [citado 2021 Abr 17] ; 22( 3 ): 403-412. Disponível em: http://sciel.iec.govbr/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-49742013000300005&lng=pt. http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742013000300005.

,11,. Palazzo Lílian dos Santos, Kelling Alessandra, Béria Jorge Umberto, Figueiredo Andréia Cristina Leal, Gigante Luciana Petrucci, Raymann Beatriz et al . Violência física e fatores associados: estudo de base populacional no sul do Brasil. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2008 Aug [cited 2021 Apr 17] ; 42( 4 ): 622-629. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102008000400 https://doi.org/10.1590/S0034-89102008000400007.

Krug Etienne G, et al. The world report on violence and health. The Lancet [Internet]. 2002 Oct 05 [cited 2021 Apr 17];360(9339):1083-1088. DOI https://doi.org/10.1016/S0140-6736(02)11133-0. Available from: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(02)11133-0/fulltext.

Silva Jaqueline Guimarães e. Homicídio de jovens no Brasil: o desafio de compreender a consequência fatal da violência [Tese de Doutorado on the Internet]. [Rio de Janeiro]: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública; 2014 [cited 2021 Apr 17]. 144 p. Available from: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/36087.

Coelho FAF, Barcelos SC, Nascimento PC, Cavalcante Filho JN, Silva FAM, Silva FO. Perfil epidemiológico de mulheres em situação de violência de gênero no estado do Ceará, 2008 a 2017. Cadernos ESP [online]. 2019;13(1):37-46. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/167/161.