MONITORAMENTO VACINAL EM TEMPO REAL NA CIDADE DE ICAPUÍ-CEARÁ

Conteúdo do artigo principal

Ana Nery Rodrigues Reis
Ana Carla de Freitas
Lourdes Maria Barbosa Reis
Madeleide Maria da Silva
Paula Celly Aguiar Santos
Rubenio Diego Freitas Rebouças

Resumo

Para que as doenças imunopreveníveis sejam controladas, eliminadas ou erradicadas, é necessária uma adequada cobertura vacinal. A prática tem como objetivos: apresentar a experiência do município de Icapuí, no Ceará, no monitoramento vacinal de crianças em tempo real; melhorar as informações acerca da cobertura vacinal das crianças abaixo de cinco anos; favorecer a proteção das doenças imunopreveníveis no público-alvo e monitorar em tempo real crianças aptas à vacinação e que apresentam vacina atrasada, bem como realizar busca ativa das crianças faltosas à vacina. O presente estudo é descritivo, do tipo relato de experiência, no qual se descreve a vivência num projeto promovido pelo serviço de saúde na cidade de Icapuí, Ceará. Teve início em julho de 2021 e contou com a participação da Secretaria Municipal de Saúde do município de Icapuí, junto com a equipe técnica da Atenção Primária, junto aos profissionais das Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS).

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Rodrigues Reis AN, de Freitas AC, Barbosa Reis LM, Maria da Silva M, Aguiar Santos PC, Freitas Rebouças RD. MONITORAMENTO VACINAL EM TEMPO REAL NA CIDADE DE ICAPUÍ-CEARÁ. Cadernos ESP [Internet]. 30º de setembro de 2022 [citado 9º de dezembro de 2022];16(3):167-71. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1031
Seção
Sessão Especial Políticas Públicas - Programa Cuidar Melhor
Biografia do Autor

Ana Carla de Freitas, Secretaria de Saúde de Icapuí. Icapuí, Ceará, Brasil.

Especialista em Gestão Ambiental com ênfase em Educação Ambiental

Lourdes Maria Barbosa Reis, Secretaria de Saúde de Icapuí. Icapuí, Ceará, Brasil.

Enfermeira Coordenadora da Imunização

Madeleide Maria da Silva, Secretaria de Saúde de Icapuí. Icapuí, Ceará, Brasil.

Especialista em Gestão em Saúde

Paula Celly Aguiar Santos, Secretaria de Saúde de Icapuí. Icapuí, Ceará, Brasil.

Especialista em Saúde da Família / Gestão de Processos Educacionais na Modalidade à Distancia

Rubenio Diego Freitas Rebouças, Secretaria de Saúde de Icapuí. Icapuí, Ceará, Brasil.

Especialista em Urgência e emergência / UTI Geral / Gestão Hospitalar e Auditoria em Serviços de Saúde

Referências

Abbas, A. K.; Lichtman, A. H. [Cellular and molecular immunology]. 5a ed. New York: Elsevier; 2005.

Barbieri, C. L. A., Dias, C., Santos, M. A. N. dos, Veras, M. A. S. M., Moraes, J. C. de & PETLIK M. E. I. 2013. Cobertura vacinal infantil em um serviço filantrópico de atenção primária à saúde do Município de São Paulo. Epidemiol e Serviços Saúde. 22(1):129–39

Brasil. Ministério da Saúde. Avaliando as coberturas vacinais do Calendário Nacional de Vacinação. Brasília: Ministério da Saúde, 2021.

Ceará. Secretaria da Saúde do Estado. Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde. Painel de Indicadores Estratégicos de Vigilância em Saúde do Ceará: manual instrutivo [recurso eletrônico] / Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, Coordenadoria de Promoção e Proteção à saúde. Fortaleza: Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, 2018.

Fernandes, A. C. N. et al. Análise da situação vacinal de crianças pré-escolares em Teresina (PI). Bras Epidemiol, v. 18, n. 4, p. 870-882, out-dez. 2015.

Grollmus, N. S., Tarrès, J. P. Relatos metodológicos: difractando experiências narrativas de investigación. Fórum Qualitative Social Research, v. 16, n. 2, mayo 2015.

Luhm, K. R. et al. Cobertura vacinal em menores de dois anos a partir de registro informatizado de imunização em Curitiba, PR. Revista de Saúde Pública [online]., v. 45, n. 1, 2011. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0034-89102010005000054>.

Moraes, J. C. de. Epidemiologia da Imunização. In: Revista Imunizações Sbim. v.11. n. 4. São Paulo: Imunizações SBIm, 2018.

Moraes, J.C. et al. Cobertura vacinal no primeiro ano de vida em quatro cidades do Estado de São Paulo, Brasil. Rev Panam Salud Pública 2000; 8:332-41.

Souza et al. Compreensão dos pais acerca da importância da vacinação infantil. Revista Enfermagem Contemporânea, vol. 01, n. 01, Salvador, 2012. Disponível em: http://www.bahiana.edu.br/revistas

Souza, P. A.; Gandra, B.; Chaves, A. C. C. Experiências sobre Imunização e o Papel da Atenção Primária à Saúde. APS em Revista, vol. 2, n. 3, 2020.