A não adesão ao tratamento no transplante renal:
PDF

Palavras-chave

Adesão
Transplante Renal
Doença Crônica
Saúde Coletiva

Como Citar

1.
Marcia Silva Ferreira V, Caprara A. A não adesão ao tratamento no transplante renal:: para uma aliança terapêutica entre profissional de saúde e paciente. Cadernos ESP [Internet]. 4º de outubro de 2019 [citado 4º de dezembro de 2021];12(1):09-27. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/124

Resumo

Buscar compreender a não adesão ao tratamento do transplante renal a partirdo contexto biopsicossocial dos pacientes e analisar as percepções dosprofissionais sobre esse fenômeno e sobre sua relação com esses sujeitos.Estudo qualitativo, baseado na abordagem hermenêutica fenomenológica dePaul Ricoeur, realizado de junho a outubro de 2015. Participaram dezesseis (16)pacientes adultos transplantados renais e dezesseis (16) profissionais de saúde.Os resultados demonstram que os pacientes buscam uma ?normalização? de suacondição crônica, sendo os limites do cuidado e da adesão ao tratamento tênuese complexos. Os profissionais de saúde reconhecem os benefícios dotransplante para o paciente e a importância de um trabalho terapêuticomultidisciplinar, porém, não se mostram habilitados para lidar com asubjetividade intrínseca no episódio da não adesão. Concluímos que osaspectos biopsicossociais do paciente são imprescindíveis para se alcançar apluralidade e diversidade do fenômeno da não adesão e instrumentalizar opaciente para assumir com maior segurança e responsabilidade a sua decisão etratamento do transplante renal.

PDF