Estratificação de risco cardiovascular em hipertensos e diabéticos aplicada por uma equipe da estratégia de saúde da família em Fortaleza - Ceará

Conteúdo do artigo principal

José Cláudio Borges da Silva Filho
Cristiano José da Silva
Andréa Tavares Barbosa

Resumo

Estratificar o risco cardiovascular de pacientes portadores de hipertensão e/ou diabetesde um território de Fortaleza, acompanhados pela equipe da Estratégia de Saúde daFamília de uma Unidade de Atenção Primária à Saúde, analisando o perfilepidemiológico desses pacientes. Estudo descritivo, longitudinal, retrospectivo, comcoleta de dados em prontuários de pacientes acompanhados nos grupos deportadores de doenças crônicas não transmissíveis, com atendimentosrealizados no período de janeiro a dezembro de 2017. Dentre a amostra,constatou-se que a maior parcela era composta por pacientes do sexo feminino, em idade avançada, sendo predominante o diagnóstico de hipertensão. Quantoà estratificação do risco cardiovascular, viu-se que a maioria dos sujeitosapresentava alto e muito alto risco. É imperiosa a elaboração de estratégias pelaequipe assistente, visando fomentar o autocuidado, instigando a adoção demedidas mais salutares, aprimorando a qualidade de vida.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Cláudio Borges da Silva Filho J, José da Silva C, Tavares Barbosa A. Estratificação de risco cardiovascular em hipertensos e diabéticos aplicada por uma equipe da estratégia de saúde da família em Fortaleza - Ceará. Cadernos ESP [Internet]. 4º de outubro de 2019 [citado 9º de dezembro de 2022];12(1):57-68. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/131
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

José Cláudio Borges da Silva Filho

1 Bacharel em Medicina pela Universidade Federal do Ceará. Residência em Medicina de Família e Comunidade pela Escola de Saúde Pública – ESP-CE.

Cristiano José da Silva

2 Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú. Especialista em Vigilância Epidemiológica pela Escola de Saúde Pública do Ceará. Especialista em Saúde da Família e Comunidade pela Universidade estadual do Ceará. Mestrado em Saúde da Família, da Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará.

Andréa Tavares Barbosa

3 Bacharel em Medicina pela Universidade Federal do Ceará. Residência em Medicina de Família e Comunidade pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. Médica na Estratégia de Saúde da Família pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza.