DESMAME PRECOCE EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NO CEARÁ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1721

Palavras-chave:

Aleitamento Materno, Amamentação, desmame, Enfermagem, Cuidado pré- natal

Resumo

Identificar os fatores contribuintes para a interrupção do aleitamento materno exclusivo em bebês menores de 6 meses. Estudo qualitativo com foco na análise de conteúdo das falas das participantes. A pesquisa foi realizada em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) localizada na região do Sertão Central, no município de Quixeramobim-CE. Além da entrevista coletou-se dados socioeconômico e obstétricos por meio de entrevista semiestruturada composta de perguntas abertas e de elaboração própria. Os motivos identificados nas falas durante as entrevistas que contribuíram para o desmame precoce foram: trabalho materno; ingurgitamento mamário e mamilos rachados; choro persistente do bebê e “leite fraco” e; interferência familiar ou de pessoas próximas. Os principais fatores que influenciaram as mães a realizarem o desmame precoce foi a volta ao mercado de trabalho, o ingurgitamento mamário e mamilos rachados, o choro persistente do bebê e “leite fraco” e, a interferência familiar ou de pessoas próximas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Carvalho MJL do N, Carvalho MF, Santos CR dos, Santos PT de F. Primeira visita domiciliar puerperal: Uma estratégia protetora do aleitamento materno exclusivo. Rev paul pediatr [Internet]. 2018Jan;36(1):66–73. Available from: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;1;00001. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;1;00001

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: aleitamento materno e alimentação complementar / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed. – Brasília: Ministério da Saúde, 2015. 184 p.: il. – (Cadernos de Atenção Básica; n. 23). https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_aleitamento_materno_cab23.pdf.

Universidade Federal do Rio de Janeiro. Aleitamento materno: Prevalência e práticas de aleitamento materno em crianças brasileiras menores de 2 anos 4: ENANI 2019. - Documento eletrônico. - Rio de Janeiro, RJ: UFRJ, 2021. (108 p.). Coordenador geral, Gilberto Kac. Disponível em: https://enani.nutricao.ufrj.br/index.php/relatorios/.

Santos AS dos, Schmidt L, Deon RG. Introdução alimentar: Práticas e fatores associados. Revista de Enfermagem, 2017, 13(13), 1-13. Available from: http://revistas.fw.uri.br/index.php/revistadeenfermagem/article/view/2732/2559.

Boccolini CS, Boccolini P de MM, Monteiro FR, Venâncio SI, Giugliani ERJ. Breastfeeding indicators trends in Brazil for three decades. Rev Saúde Pública [Internet]. 2017;51:108. Available from: https://doi.org/10.11606/S1518-8787.2017051000029. DOI: https://doi.org/10.11606/S1518-8787.2017051000029

World Health Organization. Indicators for assessing infant and young child feeding practices: conclusions of a consensus meeting held 6-8 November. Washington, DC: WHO, 2007. Available from: https://www.who.int/publications/i/item/9789241596664.

Marques de Morais Melo J, Cavalcante e Silva A, Erotildes Maranhão Mariano R, Rafaela Nóbrega N, Mesquita Florêncio R. MONITORAMENTO SISTEMÁTICO DA SALA DE APOIO À MULHER QUE AMAMENTA. Cadernos ESP [Internet]. 21º de maio de 2021 [citado 7º de setembro de 2023];15(1):129-36. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/429.

BARDIN, L.. Análise de conteúdo. Traduzido por Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

Instituto brasileiro de geografia e estatística (IBGE). Censo Brasileiro de 2022. Rio de Janeiro: IBGE, 2022. Available from: https://censo2022.ibge.gov.br/panorama/.

Brasil. Ministério da Saúde. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. (Cadernos de Atenção Básica, 32). Available from: https://aps.saude.gov.br/biblioteca/visualizar/MTIwOQ==.

Vieira F, Bachion MM, Salge AKM, Munari DB. Diagnósticos de enfermagem da NANDA no período pós-parto imediato e tardio. Esc Anna Nery [Internet]. 2010Jan;14(1):83–9. Available from: https://doi.org/10.1590/S1414-81452010000100013. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-81452010000100013

Peres JF, Carvalho AR da S, Viera CS, Christoffel MM, Toso BRG de O. Percepções dos profissionais de saúde acerca dos fatores biopsicossocioculturais relacionados com o aleitamento materno. Saúde debate [Internet]. 2021Jan;45(128):141–51. Available from: https://doi.org/10.1590/0103-1104202112811.

Hardy EE, Osis MJD. Mulher, trabalho e amamentação: legislação e prática. Campinas:Editora da Unicamp; 1991.

Alvarenga SC, Castro DS de, Leite FMC, Brandão MAG, Zandonade E, Primo CC. Fatores que influenciam o desmame precoce. Aquichan [Internet]. 2017 Jan; 17(1): 93-103. Available from: https://doi.org/10.5294/aqui.2017.17.1.9. DOI: https://doi.org/10.5294/aqui.2017.17.1.9

Carreiro J de A, Francisco AA, Abrão ACF de V, Marcacine KO, Abuchaim E de SV, Coca KP. Dificuldades relacionadas ao aleitamento materno: análise de um serviço especializado em amamentação. Acta paul enferm [Internet]. 2018 Jul;31(4):430–8. Available from: https://doi.org/10.1590/1982-0194201800060. DOI: https://doi.org/10.1590/1982-0194201800060

Page T, Lockwood C, Guest K. The management of nipple pain and/or trauma associated with breast-feeding. JBI reports. North Terrace (Austrália); 2009. Available from: https://doi.org/10.11124/01938924-200301030-00001. DOI: https://doi.org/10.11124/01938924-200301030-00001

Barbosa GEF, Silva VB da, Pereira JM, Soares MS, Medeiros R dos A, Pereira LB, et al. Dificuldades iniciais com a técnica da amamentação e fatores associados a problemas com a mama em puérperas. Rev paul pediatr [Internet]. 2017Jul;35(3):265–72. Available from: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;3;00004. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;3;00004

Bortoli CFC de; Poplaski JF; Balotin PR. A amamentação na voz de puérperas primíparas. Enferm. foco (Paraná); 10(3): 99-104, jul. 2019. Artigo em português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1050016. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/1843/574. DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n3.1843

Peres JF, Carvalho AR da S, Viera CS, Christoffel MM, Toso BRG de O. Percepções dos profissionais de saúde acerca dos fatores biopsicossocioculturais relacionados com o aleitamento materno. Saúde debate [Internet]. 2021Jan;45(128):141–51. Available from: https://doi.org/10.1590/0103-1104202112811. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-1104202112811

Lima APE, Castral TC, Leal LP, Javorski M, Sette GCS, Scochi CGS, Vasconcelos MGL. Aleitamento materno exclusivo de prematuros e motivos para sua interrupção no primeiro mês pós-alta hospitalar. Rev Gaúcha Enferm. 2019;40:e20180406. Available from: https://doi.org/10.1590/19831447.2019.20180406. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180406

Farias DCS de, Mazalli ER, Signori GMS, Marchi MJ, Nonato AC, Pio DAM, Gonçalves ERG, Barbosa VBA. A influência familiar no processo de aleitamento materno: Uma revisão de literatura. Revista Foco |Curitiba (PR)| v.16.n.3|e1396| p.01-19 |2023. Available from: https://ojs.focopublicacoes.com.br/foco/article/view/1396/1014. DOI: https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n3-104

Downloads

Publicado

28-12-2023

Como Citar

1.
Nascimento AJ, da Silva de Oliveira E, Arruda de Oliveira R, Alves de Andrade G, Barbosa Batista ML. DESMAME PRECOCE EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NO CEARÁ. Cadernos ESP [Internet]. 28º de dezembro de 2023 [citado 22º de fevereiro de 2024];17(1):e1721. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1721
Received 2023-08-22
Accepted 2023-09-11
Published 2023-12-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)