REDE DE ATENDIMENTO ÀS MULHERES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1002

Palavras-chave:

Violência Doméstica, Violência Contra a Mulher, Colaboração Intersetorial

Resumo

O estudo teve como objetivo conhecer as percepções dos profissionais da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência do município localizado no interior do Ceará. Trata-se de estudo exploratório com abordagem qualitativa, realizado com profissionais atuantes nas áreas da assistência social e da saúde do município. Como técnica de coleta de dados foi utilizada a realização de grupos focais, com gravação da reunião para posterior transcrição das falas, a análise dos dados se deu por análise de conteúdo de Bardin. Os resultados indicaram que em ambos os grupos focais a maioria dos profissionais compreendem que os serviços nos quais atuam são integrantes da Rede de Atendimento. Quanto às suas compreensões sobre a articulação entre os serviços foram listados os obstáculos e facilitadores, categorizados em três planos. Observou-se a necessidade de aperfeiçoamento da articulação entre os serviços da rede.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Organização Pan-Americana da Saúde; Organização Mundial de Saúde. Violência contra as Mulheres. [citado em 2020 Out. 04]. Disponível em: https://www.paho.org/pt/topics/violence-against-women.

Brasil. Presidência da República. Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006. Lei Maria da Penha. [citado em 2020 Ago. 10]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm.

Cunha RS, Pinto RB. Violência Doméstica: Lei Maria da Penha- Lei 11.340/2006- Comentada artigo por artigo. 10. ed. Salvador: Editora JusPodivm, 2021.

Ipea. Atlas da Violência 2020. [citado em 2020 Ago. 19]. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/atlasviolencia/download/24/atlas-da-violencia-2020.

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Nota Técnica: los impactos económicos del COVID-19 y las desigualdades de género Recomendaciones y lineamientos de políticas públicas [Internet]. Panamá: 2020 [citado em 2021 Mai. 22]; (1):31. Disponível em: https://www.latinamerica.undp.org/content/rblac/es/home/library/womens_empowerment/los-impactos-economicos-del-covid-19-y-las-desigualdades-de-gene.html/.

Presidência da República (BR). Secretaria de Políticas para as Mulheres. Rede de enfrentamento à violência contra as mulheres. Senado [Internet]. Brasília: 2011. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/institucional/omv/entenda-a-violencia/pdfs/rede-de-enfrentamento-a-violencia-contra-as-mulheres.

De Souza PA, Alves RMG, Veras CV AC, Eyre SV LJ, Maia PA, Ferreira RS. Produção científica sobre violência contra a mulher no período de 2005 - 2009. Cadernos ESP [Internet]. 2019 Set. 19 [citado em 2021 Out. 02]; 4(2):42-7. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/56.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Brasil- Ceará- Crateús. [citado em 2020 Ago.16]. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/crateus/panorama.

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde- CNESNet. Estabelecimento de Saúde do Município: CRATEUS. [Internet]. [citado em 2021 Mai. 13]. Disponível em: http://cnes2.datasus.gov.br/Lista_Es_Municipio.asp?VEstado=23&VCodMunicipio=230410&NomeEstado=CEARA.

Inaugurada sede da Defensoria Pública em Crateús [Internet]. Fortaleza (CE): Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará; 2019 Nov. 26 [citado em 2021 Mai. 18]. Disponível em: https://www.defensoria.ce.def.br/noticia/inaugurada-sede-da-defensoria-publica-em-crateus/.

Assessoria de Imprensa Ministério Público do Estado do Ceará. PGJ inaugura sede das promotorias de Justiça de Crateús [Internet]. Fortaleza (CE): MPCE Ministério Público do Estado do Ceará; 2019 Fev. 05[citado em 2021 Mai. 18]. Disponível em: http://www.mpce.mp.br/2019/02/05/pgj-inaugura-sede-das-promotorias-de-justica-de-crateus/.

Regionais Delegacias [Internet]. Fortaleza (CE): PCCE Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social Governo do Estado do Ceará; [citado em 2021 Mai. 18]. Disponível em: https://www.policiacivil.ce.gov.br/contatos/regionais/.

Contatos Batalhões e Unidades Operacionais. [Internet]. Fortaleza (CE): PMCE Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social Governo do Estado do Ceará; [citado em 2021 Mai. 18]. Disponível em: https://www.pm.ce.gov.br/contatos/contatos-batalhoes-e-unidades-operacionais/.

MOPS - Mapas Estratégicos para Políticas de Cidadania. Crateús/CE. [Internet]; [citado em 2021 Mai. 18]. Disponível em: https://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/mops/serv-mapa.php?s=1&codigo=230410.

Bardin L. Análise de conteúdo. 3ª reimpressão da 1ª Edição de 2016. São Paulo: Edições 70, 2016.

De Oliveira T. Serviço Social: uma abordagem na intersetorialidade [trabalho de conclusão de curso]. Porto Alegre: Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Escola de Saúde Pública, Curso de Especialização em Saúde Pública, BVS; 2020. [citado em 2021 Abr. 29]. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/09/1120207/sp-441-servico-social-uma-abordagem-na-intersetorialidade.pdf.

Conselho Federal de Assistentes Sociais. Parâmetros para a Atuação de Assistentes Sociais na Saúde. 2010 [citado em 2021 Out. 20]. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/Parametros_para_a_Atuacao_de_Assistentes_Sociais_na_Saude.pdf. Brasília.

Brasil. Presidência da República. Lei n 8.662, de 7 de junho de 1993. Dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências. [citado em 2021 Out. 10]. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8662.htm.

Rückert TR, Lima MADS, Marques GQ, Garlet ER, Pereira WAP, Acosta AM. Assistência em unidades básicas de saúde às vítimas de violência na concepção de enfermeiras. DOI: 10.4025/cienccuidsaude.v7i2.4997. Cienc Cuid Saúde [Internet]. 2008 [citado em 2021 Ago. 29]; 7(2):180-6. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/4997.

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (BR). Orientações Técnicas Centro de Referência de Assistência Social - CRAS [Internet]. [citado em 2022 Jun. 23]. Disponível em: https://aplicacoes.mds.gov.br/snas/documentos/Orientacoes%20Tecnicas%20-%20Centro%20de%20Referencias%20de%20Assistencia%20Social%20%28CRAS%2922.pdf

Programa Mais Médicos. Governo Federal. O que tem na UBS. [Internet]. [citado em 2022 Jun. 23]. Disponível em: http://maismedicos.gov.br/o-que-tem-na-ubs

Schraiber LB, D’oliveira AFPL, Hanada H, Kiss L. Assistência a mulheres em situação de violência – da trama de serviços à rede intersetorial. Athenea Digital Revista de Pensamiento e Investigación Social [Internet]. 2012 [citado em 2021 Jul. 26]; 12(3): 237-254. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/537/53724611015.pdf.

Costa MC, Lopes MJM. Elementos de integralidade nas práticas profissionais de saúde a mulheres rurais vítimas de violência. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2012[citado em 2021 Jul. 26]; 46(5): 1088-1095. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reeusp/a/XskcTvNMGNbcP8ctn5bT7wk/?lang=pt.

Publicado

09-08-2023

Como Citar

1.
Bezerra Lopes SJ, de Mendonça Nunes Leonardo G. REDE DE ATENDIMENTO ÀS MULHERES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA. Cadernos ESP [Internet]. 9º de agosto de 2023 [citado 28º de fevereiro de 2024];17(1):e1002. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1002
Received 2022-07-12
Accepted 2023-02-01
Published 2023-08-09

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)