A utilização das Metodologias Ativas como estratégia pedagógica nas Oficinas Locorregionais do Programa Mais Médicos Para o Brasil, em Fortaleza-Ceará

Autores

  • Sâmya Oliveira de Menezes
  • Kilma Wanderley Lopes Gomes

Palavras-chave:

Metodologias de Ensino, Programa Mais Médicos, Oficinas Locorregionais

Resumo

O artigo descreve a experiência da realização de oficinas locorregionais, a partir de uma abordagem pedagógica construtivista, que tiveram como participantes: supervisores, tutores, médicos do Programa Mais Médicos para o Brasil (de Fortaleza) e apoiadores convidados para o evento. Os encontros ocorreram em parceria com o Sistema Saúde Escola do município de Fortaleza, no período de julho de 2014 a junho de 2016. A metodologia utilizada foi o aprendizado baseado em equipes, o TBL (Team Basic Learning). Como principais resultados, destacaram-se a satisfação com os temas abordados e a valorização do trabalho em equipe na apreensão do conhecimento. Observou-se, ainda, uma atenção mais qualificada na assistência prestada pelos profissionais aos grupos prioritários relativos aos temas abordados nas oficinas. Concluiu-se que a experiência das oficinas locorregionais qualificou o serviço prestado pelos médicos participantes, a partir da valorização dos conteúdos discutidos em cada encontro, fortalecendo a assistência prestada à população do território no qual o profissional participante do Programa Mais Médico está inserido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sâmya Oliveira de Menezes

Enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza.

Kilma Wanderley Lopes Gomes

Doutorado em Saúde coletiva; Médica da Saúde da Família no município
de Fortaleza.

Downloads

Publicado

04-10-2019

Como Citar

1.
Oliveira de Menezes S, Wanderley Lopes Gomes K. A utilização das Metodologias Ativas como estratégia pedagógica nas Oficinas Locorregionais do Programa Mais Médicos Para o Brasil, em Fortaleza-Ceará . Cadernos ESP [Internet]. 4º de outubro de 2019 [citado 27º de maio de 2023];11(1):60-7. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/114

Edição

Seção

Relato de Experiência, Atualização e/ou Inovação Tecnológica