Produção de alimentos por meio da agricultura familiar e os efeitos sobre a (in)segurança alimentar e nutricional Uma revisão integrativa da literatura

Conteúdo do artigo principal

Francisco Regis da Silva
Luisa Maria Oliveira Pinto
Shandra Carmen Sales de Aguiar
Jocélia Maria de Oliveira
Rafaella Maria Monteiro Sampaio
Geraldo Gonzalez Talabera
Francisco José Maia Pinto

Resumo

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) tem caráter intersetorial e estimula as economias locais. Objetivou-se conhecer a situação de (in)segurança alimentar e nutricional e produção de alimentos por meio da agricultura familiar destinadas ao PNAE. Tratou-se de uma revisão integrativa. A busca dos artigos foi realizada nos bancos de dados informatizados: Literatura Latino-Americano em Ciências de Saúde (LILACS), Medical Literature end Retrieval System on Line (MEDLINE) e Scientific Electronic Library Online (SCIELO), publicados nos últimos 7 anos, nas línguas inglesa, portuguesa e espanhola. Foram identificados 37 estudos e 5 responderam aos objetivos deste estudo. Os estudos evidenciaram a dificuldade dos municípios para obter os alimentos oriundos da agricultura familiar, por diversos motivos: burocracia na legislação; boas práticas na produção de alimentos; transporte da mercadoria e certificações. São poucos estudos brasileiros que investigam a temática abordada nesse artigo. Comprovando assim, a necessidade de estudos que possam dar ?visibilidade? a esta temática.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Regis da Silva F, Maria Oliveira Pinto L, Carmen Sales de Aguiar S, Maria de Oliveira J, Maria Monteiro Sampaio R, Gonzalez Talabera G, José Maia Pinto F. Produção de alimentos por meio da agricultura familiar e os efeitos sobre a (in)segurança alimentar e nutricional : Uma revisão integrativa da literatura . Cadernos ESP [Internet]. 10º de outubro de 2019 [citado 25º de junho de 2022];12(2):77-95. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/157
Seção
Artigos de Revisão
Biografia do Autor

Francisco Regis da Silva

1Nutricionista. Especialista em Saúde Pública (ESP); Mestre em Saúde Coletiva (UECE); Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP).

Luisa Maria Oliveira Pinto

2Nutricionista. Mestre em Saúde Pública (UECE); nutricionista do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) - Secretaria de Saúde do Estado do Ceará.

Shandra Carmen Sales de Aguiar

3Nutricionista. Mestre em Saúde Pública (UECE); servidora técnico-administrativa da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Coordenadora do Núcleo de Educação do Consumidor e Administração Familiar (EDUCON).

Jocélia Maria de Oliveira

4Enfermeira. Mestre em Saúde Pública (UFC); enfermeira da UTI Neonatal da Maternidade Escola Assis Chateubriand pela EBSERH.

Rafaella Maria Monteiro Sampaio

5Nutricionista. Mestre em Saúde Pública (UECE); Doutoranda em Saúde Coletiva (UECE); docente da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Centro Universitário Estácio do Ceará (ESTÁCIO).

Geraldo Gonzalez Talabera

6Médico. Especialista em Saúde da Família (UFC); assessor em Gestão de Saúde no município de Morada Nova, Ceará.

Francisco José Maia Pinto

7Estatístico. Pós-Doutor em Saúde Pública (USP); Professsor Associado da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.