ANÁLISE DOS HÁBITOS ALIMENTARES EM CRIANÇAS DE UM MUNICÍPIO DO CEARÁ

Autores

  • Aridenis dos Santos Lopes Escola de Saúde Pública do Ceará. Fortaleza, CE - Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7541-8925
  • Gerusa Matias dos Santos Centro Universitário Ateneu. Fortaleza, CE - Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1685

Palavras-chave:

Hábitos Alimentares, Consumo Alimentar, Aleitamento Materno, Alimentação Complementar

Resumo

Analisar os hábitos alimentares de crianças menores de dois anos de um município do Ceará. Estudo transversal a partir de dados secundários obtidos no SISVAN, através das respostas do Formulário Marcador de Consumo Alimentar com 1197 crianças atendidas no ano de 2021. Foi constatado que 22,22% das crianças eram menores de seis meses, e destas, 48,87% estavam em aleitamento materno exclusivo e 51,53% já consumiam outros alimentos. Já quanto às crianças entre seis a 23 meses e 29 dias, 77,78% do total, 37,93% continuavam em aleitamento materno, 34,48% consumiam algum tipo de alimento ultraprocessado, enquanto 77,66% tinham uma diversidade alimentar mínima; e 51,13% possuíam frequência e consistência alimentar adequada. A identificação do consumo alimentar inadequado em uma parcela das crianças pode comprometer a saúde e o desenvolvimento infantil em curto e/ou longo espaço de tempo. Faz-se necessário priorizar ações de promoção e apoio a uma alimentação adequada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gerusa Matias dos Santos, Centro Universitário Ateneu. Fortaleza, CE - Brasil.

Mestrado em CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS pela Universidade Federal do Ceará, Brasil(2007)
COORDENADOR DE CURSO DE GRADUAÇÃO do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIATENEU , Brasil

Referências

Lopes WC, Marques FKS, Oliveira CF de, Rodrigues JA, Silveira MF, Caldeira AP, Pinho, L. Alimentação de crianças nos primeiros dois anos de vida. Rev paul pediatr [Internet]. 2018Apr;36(2):164–70. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;2;00004 DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;2;00004

Pedraza DF, Santos EES dos. Marcadores de consumo alimentar e contexto social de crianças menores de 5 anos de idade. Cad saúde colet [Internet]. 2021Sep;29(2):163–78. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1414-462X202129020072 DOI: https://doi.org/10.1590/1414-462x202129020072

Araújo VMJ, Nunes GC, Alencar CMD. Suplementação de vitamina D na puericultura: Revisão de literatura. Cadernos ESP [Internet]. 15º de outubro de 2019 [citado 2023-03-03];13(1):75-82. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/171

Agostoni, C; Decsi, T; Fewtrell; Goulet, O; Kolacek, S; Koletzko, B, et al. Complementary Feeding: A Commentary by the ESPGHAN Committee on Nutrition] Journal of Pediatric Gastroenterology and Nutrition 46(1):p 99-110, January 2008. | DOI: 10.1097/01.mpg.0000304464.60788.bd DOI: https://doi.org/10.1097/01.mpg.0000304464.60788.bd

Giesta JM, Zoche E, Corrêa R da S, Bosa VL. Fatores associados à introdução precoce de alimentos ultraprocessados na alimentação de crianças menores de dois anos. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2019Jul;24(7):2387–97. Available from: https://doi.org/10.1590/1413-81232018247.24162017 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232018247.24162017

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária a Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos. Brasília: Ministério da Saúde, 2019. Disponível em: https://www.svb.org.br/images/guia_da_crianca_2019.pdf

World Health Organization. United Nations Children’s Fund. Tracking progress for breastfeeding policies and programmes: Global breastfeeding scorecard 2017. Geneva: WHO; 2017. Disponível em: https://www.who.int/publications/m/item/global-breastfeeding-scorecard-2017-tracking-progress-for-breastfeeding-policies-and-programmes

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Aleitamento materno: Prevalência e práticas de aleitamento materno em crianças brasileiras menores de 2 anos 4: ENANI 2019. - Documento eletrônico. - Rio de Janeiro, RJ: UFRJ, 2021. (108 p.). Coordenador geral, Gilberto Kac. Disponível em: https://enani.nutricao.ufrj.br/index.php/relatorios/

BRASIL. Ministério da Saúde. II Pesquisa de Prevalência de Aleitamento Materno nas Capitais Brasileiras e Distrito Federal [Internet]. Brasília: Editora MS; 2009 [citado em 2019 fev 12]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_prevalencia_aleitamento_materno.pdf

Caetano MC, Ortiz TTO, Silva SGL da, Souza FIS de, Sarni ROS. Alimentação complementar: práticas inadequadas em lactentes. J Pediatr (Rio J) [Internet]. 2010May;86(3):196–201. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0021-75572010000300006 DOI: https://doi.org/10.1590/S0021-75572010000300006

BRASIL. Ministério da Saúde. Orientações para avaliação de marcadores de consumo alimentar na atenção básica [Internet]. Brasília: Editora MS; 2015 [citado em 23-03-2023]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/marcadores_consumo_alimentar_atencao_basica.pdf

Damé PKV, Pedroso MR de O, Marinho CL, Gonçalves VM, Duncan BB, Fisher PD, et al.. Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) em crianças do Rio Grande do Sul, Brasil: cobertura, estado nutricional e confiabilidade dos dados. Cad Saúde Pública [Internet]. 2011Nov;27(11):2155–65. Disponivel em: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2011001100009 DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2011001100009

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica – Cidades/Acaraú-CE/População. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/acarau/panorama

Conselho Nacional de Saúde (Brasil). Resolução no 466, de 12 de dezembro de 2012. Brasília, 2012 Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Souza JP de O, Ferreira CS, Lamounier DMB, Pereira LA, Rinaldi AEM. Charcterization of feeding of children under 24 months in units cared by the family health strategy. Rev paul pediatr [Internet]. 2020;38:e2019027. DOI: 10.1590/1984-0462/2020/38/2019027 DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/2020/38/2019027

Ferreira, KCA. Silva, LCO, Pereira, TG, Ramos, CV. Costa, ERDL. Padrão alimentar de crianças menores de dois anos em Teresina–Pi. Revista Interdisciplinar 12.2 (2019): 76-84. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7868633

SBP - SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Manual de Alimentação: orientações para alimentação do lactente ao adolescente, na escola, na gestante, na prevenção de doenças e segurança alimentar / Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento Científico de Nutrologia. – 4ª. ed. - São Paulo: SBP, 2018. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=3160985

Filho L de PV, Silva AF da, Pereira CBR, Ferreira DP, Diniz IPT, Quinto MO, et al. A amamentação como prevenção da obesidade infantil: Uma revisão narrativa / Breastfeeding as prevention of childhood obesity: A narrative review. Braz. J. Hea. Rev. [Internet].2020 Aug. 28 [Citado 21-04-2023];3(4):11146-62. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BJHR/article/view/15786 DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-365

Lopes WC, Pinho L de, Caldeira AP, Lessa A do C. Consumption of ultra-processed foods by children under 24 months of age and associated factors. Rev paul pediatr [Internet]. 2020;38:e2018277. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-0462/2020/38/2018277 DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/2020/38/2018277

Louzada ML da C, Martins APB, Canella DS, Baraldi LG, Levy RB, Claro RM, et al. Ultra-processed foods and the nutritional dietary profile in Brazil. Rev Saúde Pública [Internet]. 2015;49. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0034-8910.2015049006132 DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-8910.2015049006132

Castro, IRR, et al. Prevalência de anemia e deficiência de vitamina A e consumo de ferro e de vitamina A entre crianças usuárias do Sistema Único de Saúde na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos de Saúde Pública [online]. v. 37, n. 4 [Acessado 12 Maio 2023] , e00252420. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0102-311X00252420>. ISSN 1678-4464. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00252420 DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00252420

André HP, Sperandio N, Siqueira RL de, Franceschini S do CC, Priore SE. Indicadores de insegurança alimentar e nutricional associados à anemia ferropriva em crianças brasileiras: uma revisão sistemática. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2018Apr;23(4):1159–67. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232018234.16012016 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232018234.16012016

Brasil. Ministério Da Saúde. Anemia. Brasília, 2015. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/Dicas-Em-Saude/431-Anemia

Maman, MJC. Anemia ferropriva. In: RICCI, VHP; MAMAN, MJC. Guia prático de hematologia. Criciúma: Unesc, 2019. p. 11-25. DOI: http://dx.doi.org/10.18616/hema02 DOI: https://doi.org/10.18616/hema02

SBP. Consenso sobre anemia ferropriva: mais que uma doença, uma urgência médica! Departamentos de Nutrologia e Hematologia Hemoterapia. Sociedade Brasileira de Pediatria, 2018; 2.

Disponívelem:https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/21019f-Diretrizes_Consenso_sobre_anemia_ferropriva-ok.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Programa Nacional de Suplementação de Ferro : manual de condutas gerais / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2013. Disponível em:https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_programas_nacionais_suplementacao_micronutrientes.pdf

Lima DB, Damiani LP, Fujimori E. Deficiência de vitamina a em crianças brasileiras e variáveis associadas. Rev paul pediatr [Internet]. 2018Apr;36(2):176–85. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;2;00013 DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;2;00013

Reis IAR, Sales AFG, Vasconcelos IG, de Souza ILL, Barbosa L de A, Sales MC. Deficiência de vitamina A em crianças brasileiras: uma revisão sistemática da literatura. Div Journ [Internet]. 28º de janeiro de 2021 [citado em 12-05-2023];6(1):634-61. Disponível em: https://www.diversitasjournal.com.br/diversitas_journal/article/view/1301 DOI: https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1301

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual de condutas gerais do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_programa_nacional_vitamina_a_2edicao.pdf

Freitas, LG; Escobar, RS; Penâ, M. Consumo alimentar de crianças com um ano de vida num serviço de atenção primária em saúde. Rev port saúde pública., v. 34, n.1, p.46–52, 2016. DOI: https://doi.org/10.1016/j.rpsp.2015.10.001 DOI: https://doi.org/10.1016/j.rpsp.2015.10.001

Downloads

Publicado

21-08-2023

Como Citar

1.
dos Santos Lopes A, Matias dos Santos G. ANÁLISE DOS HÁBITOS ALIMENTARES EM CRIANÇAS DE UM MUNICÍPIO DO CEARÁ. Cadernos ESP [Internet]. 21º de agosto de 2023 [citado 22º de fevereiro de 2024];17(1):e1685. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1685
Received 2023-06-29
Accepted 2023-08-01
Published 2023-08-21