DESAFIOS DO COMITÊ DE PREVENÇÃO DE MORTALIDADE MATERNA E INFANTIL EM UM MUNICÍPIO CEARENSE

Conteúdo do artigo principal

Elayne Cristina Matias Nóbrega
Raquel Simões Monteiro Alves
Danielly Maia de Queiroz
Braulio Nogueira de Oliveira

Resumo

A redução da mortalidade materna e infantil no Brasil representa um desafio para os serviços de saúde e para a sociedade, portanto, os Comitês de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal (CMMIFs) exercem um trabalho essencial na prevenção e no controle da mortalidade de mulheres e crianças. Este trabalho analisou os desafios relacionados à estruturação, funcionamento e atuação do CMMIF do município de Crateús, Ceará. Tratou-se de um estudo de caso cujo corpus foi composto pelas atas das reuniões e pela realização de entrevistas com 14 membros do Comitê que atuaram entre os anos de 2008 e 2015 no município de Crateús, Ceará, a partir da análise por triangulação de métodos. Evidenciou-se: indicação verticalizada dos membros; suporte limitado da gestão municipal; inacessibilidade de documentos legais e omissão de informações nos registros; insuficiência na função pedagógica; dificuldades de envolvimento dos diferentes representantes; e descontinuidade das ações. O estudo revelou fragilidades estruturais, de composição, na dinâmica de organização e na própria função do Comitê, que se restringia a uma atuação investigativa e propositiva, sem a participação popular e o devido retorno das análises para as instituições envolvidas, revelando com isso a dificuldade em atuar de forma integrada e interinstitucional.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Cristina Matias Nóbrega E, Simões Monteiro Alves R, Maia de Queiroz D, Nogueira de Oliveira B. DESAFIOS DO COMITÊ DE PREVENÇÃO DE MORTALIDADE MATERNA E INFANTIL EM UM MUNICÍPIO CEARENSE . Cadernos ESP [Internet]. 15º de outubro de 2019 [citado 30º de novembro de 2022];13(1):113-28. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/175
Seção
Relato de Experiência, Atualização e/ou Inovação Tecnológica
Biografia do Autor

Elayne Cristina Matias Nóbrega

1 Nutricionista. Residência Integrada em Saúde Coletiva – ESP/CE

Raquel Simões Monteiro Alves

2 Nutricionista. Mestre em Alimentação e Nutrição - UECE

Danielly Maia de Queiroz

3 Enfermeira. Doutoranda em Saúde Coletiva - UECE

Braulio Nogueira de Oliveira

4 Licenciado em Educação Física. Doutorando em Ciências do Movimento Humano - UFRGS