CUIDAR E SER CUIDADO EM TEMPOS DE PANDEMIA

CARING OF OTHERS AND BE CARED IN PANDEMIC TIMES

  • Brandon Lee Lopes Tavares Fisioterapeuta. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
  • Rany Uchôa Martins Psicóloga. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
  • Vânia Alves de Araújo Assistente Social. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
  • Rauana Araújo da Silva Enfermeira. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
  • Levy Sombra de Oliveira Barcelos Cirurgião-Dentista. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
  • Roberta Nobre da Silva Enfermeira. Residente em Saúde da Família e Comunidade da Escola de Saúde Pública do Ceará.
Palavras-chave: Pandemia, Atenção Básica, Profissionais de Saúde, Saúde mental, Cuidado, COVID-19

Resumo

Desde o início do atual surto de coronavírus (SARS-CoV-2), causador da Covid-19, muitas problemáticas se agravaram. Dentre elas, a questão das condições de saúde dos profissionais que trabalham na linha de frente do enfrentamento à doença, merecendo atenção especial os aspectos da saúde mental e ocupacional desses trabalhadores. O objetivo deste trabalho é descrever a experiência promovida por profissionais de saúde residentes a partir da concretização de um momento de Cuidado em Saúde, voltado para relaxamento e alívio de tensões musculares, ofertado aos trabalhadores das UBS. Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva, realizado em três UBS localizadas em Guaiuba-CE. Atingiu-se um total de 25 profissionais de saúde. As principais queixas ocupacionais levantadas foram: trapezalgia, dor muscular nas regiões cervical e lombar, cansaço, ansiedade, medo e estresse. As atividades oferecidas foram respiração diafragmática, alongamento, liberação miofascial instrumental, técnicas osteopáticas e ventosaterapia. As ações tiveram boa adesão, integração e proporcionaram relaxamento, alívio da dor e tensões musculares e os profissionais solicitaram que as atividades fossem realizadas de forma semanal. Assim, depreendemos que é importante realizar ações de educação e promoção de saúde para os profissionais de saúde que, muitas vezes, têm sua saúde negligenciada.

PALAVRAS-CHAVE: Pandemia; Atenção Básica; Profissionais de saúde; Saúde mental; Cuidado.

 

ABSTRACT

Since the beginning of the current coronavirus outbreak (SARS-CoV-2), which caused Covid-19, many problems have worsened, among them the question of the health conditions of professionals working on the front line of coping with the disease, deserving attention especially the mental and occupational health aspects of these workers. The objective of this work is to describe the experience promoted by resident health professionals from the moment of a Health Care moment, aimed at relaxing and relieving muscular tensions, offered to the UBS workers. This is an experience report of a descriptive nature, carried out in three UBS located in Guaiuba-CE. A total of 25 health professionals were reached. The main occupational complaints raised were: trapezalgia, muscle pain in the cervical and lumbar regions, tiredness, anxiety, fear and stress. The activities offered were diaphragmatic breathing, stretching, instrumental myofascial release, osteopathic techniques and wind therapy. The actions had good adhesion, integration and provided relaxation, pain relief and muscle tension and the professionals requested that the activities be carried out weekly. Thus, we understand that it is important to carry out education and health promotion actions for health professionals, who often have their health neglected.

KEYWORDS: Pandemic; Primary Care; Health professionals; Mental health; Care.

 

RESUMEN

Desde el comienzo del actual brote de coronavirus (SARS-CoV-2), que causó Covid-19, muchos problemas han empeorado, entre ellos la cuestión de las condiciones de salud de los profesionales que trabajan en la primera línea para hacer frente a la enfermedad, que merecen atención. especialmente los aspectos de salud mental y ocupacional de estos trabajadores. El objetivo de este trabajo es describir la experiencia promovida por los profesionales de la salud residentes desde el momento del Cuidado de la Salud, dirigida a relajar y aliviar las tensiones musculares, ofrecida a los trabajadores de UBS. Este es un informe de experiencia de carácter descriptivo, realizado en tres UBS ubicados en Guaiuba-CE. Se alcanzó un total de 25 profesionales de la salud. Las principales quejas laborales planteadas fueron: trapezalgia, dolor muscular en las regiones cervical y lumbar, cansancio, ansiedad, miedo y estrés. Las actividades ofrecidas fueron respiración diafragmática, estiramiento, liberación miofascial instrumental, técnicas osteopáticas y terapia de viento. Las acciones tuvieron buena adhesión, integración y proporcionaron relajación, alivio del dolor y tensión muscular y los profesionales solicitaron que las actividades se llevaran a cabo semanalmente. Por lo tanto, entendemos que es importante llevar a cabo acciones de educación y promoción de la salud para los profesionales de la salud, a quienes a menudo se les descuida su salud.

PALABRAS CLAVE: Pandemia; Atención Primaria; Profesionales de la salud; Salud mental; Cuidado

Referências

Ornell F, Schuch JB, Sordi AO, Kessler FHP. “Pandemic fear” and COVID-19: mental health burden and strategies. Braz. J. Psychiatry [Internet]. 2020; 42( 3 ): 232-235. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516- 4462020000300232&lng=en. Epub Apr 03, 2020. https://doi.org/10.1590/1516-4446-2020-0008>.

Barbosa DJ, Gomes MP, de Souza FBA, Gomes AMT. Fatores de estresse nos profissionais de enfermagem no combate à pandemia da COVID-19. Comunicação em Ciências Saúde, 2020; 31(Supl 1):31-47.

Schmidt B, Crepaldi MA, Bolze SDA, Neiva-Silva L, Demenech LM. Impactos na Saúde Mental e Intervenções Psicológicas Diante da Pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19); 2020.

Xiang YT, Yang Y, Li W, Zhang L, Zhang Q, Cheung T, et al. Timely Mental Health Care for the 2019 Novel Coronavirus Outbreak Is Urgently Needed. Lancet Psychiatry. 2020;7: 228-9.

Ornell F, Halpern SC, Kessler FHP, Narvaez JCM. The impact of the COVID-19 pandemic on the mental health of healthcare professionals. Cad Saúde Pública [Internet]. 2020;36(4). Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-11X2020000400504&lng=en. Epub Apr 30, 2020. https://doi.org/10.1590/0102-311x00063520>.

Ministério da Saúde (BR), Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466 do Conselho Nacional de Saúde de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2012. Disponível em: <http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2013/06_jun_14_publicada_resolucao.html>.

Di Alencar TAM, Matias KFS. Princípios fisiológicos do aquecimento e alongamento muscular na atividade esportiva. Rev Bras Med Esporte [Internet]. 2010;16(3):230-234. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-6922010000300015&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922010000300015>.

Oliveira AP, Kamilla PP, Felicio LR. (2019). Evidências da técnica de liberação miofascial no tratamento fisioterapêutico: revisão sistemática. Arquivos de Ciências do Esporte. 2019;7.

Campos GH, Santos CT. Tratamento de pontos-gatilhos (trigger points) por meio de terapia por ventosa. REVISA. 2015; 4(2):146-54.

Moura CC, Chaves ECL, Cardoso ACLR, Nogueira DA, Corrêa HP, Chianca TCM. Cupping therapy and chronic back pain: systematic review and meta-analysis. Rev Latino-Am Enfermagem. 2018;26. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/rlae/v26/pt_0104-1169-rlae-26-e3094.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.2888.3094>.

Publicado
2020-07-22