Cuidado terapêutico das crianças no perfil etário até 02 anos portadoras de microcefalia por Zika vírus Revisão integrativa

Conteúdo do artigo principal

Ariadne Freire de Aguiar Martins
Francisco Jadson Franco Moreira
Patrícia Amanda Pereira Vieira
Vanessa Alencar de Araújo
Rebecca Palhano Almeida Mateus

Resumo

Objetivou-se sintetizar evidências científicas acerca dos cuidados terapêuticos em crianças com microcefalia até 02 anos de idade acometidas pelo zika vírus. Trata-se de uma revisão integrativa, na qual o levantamento de dados foi realizado de maio a novembro de 2017, nas bases de dados LILACS e BDENF. Os critérios de inclusão foram artigos que abordavam a temática, na língua portuguesa e inglesa, nos últimos dez anos. De 26 artigos encontrados, 5 foram selecionados. Somados aos 08 protocolos do Ministério da Saúde, sendo que 5 foram selecionados. Avaliou-se a importância do acompanhamento do desenvolvimento infantil nos primeiros anos de vida para a promoção, prevenção e identificação de atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor. Os profissionais da saúde devem, portanto, identificar as crianças que apresentam deficiência no desenvolvimento neurológico, psicológico e motor, além de orientar os responsáveis sobre as medidas de estimulação precoce e encaminhar para o serviço especializado. Destaca-se a necessidade de esforço da comunidade científica e dos serviços de saúde para avaliações e o acompanhamento dessas crianças.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Freire de Aguiar Martins A, Jadson Franco Moreira F, Amanda Pereira Vieira P, Alencar de Araújo V, Palhano Almeida Mateus R. Cuidado terapêutico das crianças no perfil etário até 02 anos portadoras de microcefalia por Zika vírus : Revisão integrativa. Cadernos ESP [Internet]. 10º de outubro de 2019 [citado 25º de junho de 2022];12(2):96-111. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/158
Seção
Artigos de Revisão
Biografia do Autor

Ariadne Freire de Aguiar Martins

1 Enfermeira pela Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza-FAMETRO; Especialista em Saúde Pública pela Escola de Saúde Pública do CEARÁ-ESP/CE; Gestora de UAPS na Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza.

Francisco Jadson Franco Moreira

2 Professor/orientador da Especialização em Saúde Pública da Escola de Saúde Pública do Ceará-ESP/CE.

Patrícia Amanda Pereira Vieira

2 Professor/orientador da Especialização em Saúde Pública da Escola de Saúde Pública do Ceará-ESP/CE

Vanessa Alencar de Araújo

3 Cirurgiã-dentista pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Especialista em Saúde Pública pela Escola de Saúde Pública do Ceará-ESP/CE; Coordenadora de Saúde Bucal do município de Palhano-CE; Mestranda em Odontologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

Rebecca Palhano Almeida Mateus

3 Cirurgiã-dentista pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Especialista em Saúde Pública pela Escola de Saúde Pública do Ceará-ESP/CE; Coordenadora de Saúde Bucal do município de Palhano-CE; Mestranda em Odontologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)