INCONTINÊNCIA URINÁRIA AUTORREFERIDA NO PERÍODO GESTACIONAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54620/cadesp.v17i1.1660

Palavras-chave:

Incontinência Urinária, Epidemiologia, Gestação

Resumo

Identificar a prevalência de incontinência urinária autorreferida em gestantes e conhecer os fatores que influenciam esse processo. Estudo de campo epidemiológico observacional do tipo descritivo com abordagem quantitativa que foi realizado em uma Unidade Básica de Saúde do município de Tianguá-CE. Para a coleta de dados foram utilizados o questionário sociodemográfico e o International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form (ICIQ-SF). Após a coleta dos dados, foram utilizados os programas Microsoft Excel e o Graphpad Prism 7.0 para a confecção das tabelas e gráficos. Observou-se uma prevalência de incontinência urinária autorreferida no período gestacional de 36,36% (n:8) e as variáveis associadas à presença de tal condição foram a via de parto cesáreo e o sedentarismo. Os resultados encontrados estão de acordo com os encontrados na literatura e destaca-se a necessidade de novos estudos sobre a temática para se aperfeiçoar os métodos de prevenção e tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Almeida Barbosa Franco RV, Paiva de Abreu LD, de Alencar OM, Franco Moreira FJ. PRÉ- NATAL REALIZADO POR EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: Prenatal care performed by a multiprofessional team of primary health care. Cadernos ESP [Internet]. 29º de junho de 2020 [citado 13º de abril de 2023];14(1):63-70. Disponível em://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/247

Henkes DF, Fiori A, Miranda Carvalho JA, Tavares KO, Frare JC. Incontinência urinária: o impacto na vida de mulheres acometidas e o significado do tratamento fisioterapêutico.Semina [Internet]. 11 fev 2016 [citado 31 mar 2023];36(2):45-56. Disponível em: https://doi.org/10.5433/1679-0367.2015v36n2p45 DOI: https://doi.org/10.5433/1679-0367.2015v36n2p45

Pereira PB, Camac LA, Mesquita FA, Costa MC. Incontinência urinária feminina: uma revisão bibliográfica. Rev Eletronica Acervo Saude [Internet]. 4 set 2019 [citado 31 mar 2023];11(14):e1343. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e1343.2019 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e1343.2019

Fernandes S, Coutinho E, Duarte J, Nelas P, Chaves C, Amaral O. Quality of life in women with Urinary Incontinence. Rev Enferm Ref [Internet]. 30 jun 2015 [citado 31 mar 2023];Nº5(IV Série):93- Disponível em: https://doi.org/10.12707/riv14042 DOI: https://doi.org/10.12707/RIV14042

Mathias AE, Pitangui AC, Arantes VA, Freitas HG, Vilela FM, Dias TG. Disfunção sexual: Avaliação de mulheres durante o terceiro trimestre gestacional. ABCS Health Sci [Internet]. 4 ago 2015 [citado 31 mar 2023];40(2). Disponível em: https://doi.org/10.7322/abcshs.v40i2.734 DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v40i2.734

Epaminondas LCS, Negrão LN, Costa SA dos S, de Macêdo RC. As repercussões da incontinência urinária na qualidade de vida em gestantes: uma revisão sistemática. Rev Pesq Fisio [Internet]. 1º de fevereiro de 2019 [citado 23º de maio de 2023];9(1):120-8. Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/fisioterapia/article/view/2142 DOI: https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v9i1.2142

Raimundo JZ, Echeimberg JDO, Leone C. Research methodology topics: Cross-sectional studies. Journal of Human Growth and Development [Internet]. 2018 Nov 28;28(3):356–60. Available from: https://www.researchgate.net/publication/329766065_Research_methodology_topics_Cross-sectional_studies DOI: https://doi.org/10.7322/jhgd.152198

Santini AC, Santos ES, Vianna LS, Bernardes JM, Dias A. Prevalence and factors associated with the occurrence of urinary incontinence during pregnancy. Rev Bras Saude Matern Infant [Internet]. Dez 2019 [citado 31 mar 2023];19(4):967-74. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1806-93042019000400013

Silva JM, Silva MD. Incontinência urinária e sua relação com variáveis obstétricas. Saude (Santa Maria) [Internet]. 1 ago 2019 [citado 31 mar 2023];45(2):10. Disponível em: https://doi.org/10.5902/2236583431449 DOI: https://doi.org/10.5902/2236583431449

Pereira-de-Souza AP, Pereira-de-Souza AP, Ferreira-Vasconcelos CE, Ferreira- Vasconcelos CE, VALENTIM-SILVA JR, Pereira-da-Silva LG, Pereira-da-Silva LG. PREVALÊNCIA DE INCONTINÊNCIA URINÁRIA DURANTE A GESTAÇÃO. Rev Baiana Saude Publica [Internet]. 12 set 2017 [citado 31 mar 2023];40(1). Disponível em: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n1.a807 DOI: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n1.a807

Sacomori C, Böer L, Sperandio FF, Cardoso FL. Prevalência e variáveis associadas à incontinência urinária no terceiro trimestre gestacional. Rev Bras Saude Matern Infant [Internet]. Set 2013 [citado 31 mar 2023];13(3):215-21. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s1519-38292013000300003

.Farias TC, Morais KC, Cirqueira RP, Albuquerque LS, Ferreira JB. Incontinência urinária e disfunção sexual em gestantes. Id Line REV PSICOL [Internet]. 30 nov 2017 [citado 31 mar 2023];11(38):237-48. Disponível em: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i38.891 DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v11i38.891

Messias de Alencar-Cruz J, Lira-Lisboa L. O impacto da incontinência urinária sobre a qualidade de vida e sua relação com a sintomatologia depressiva e ansiedade em mulheres. Revista de Salud Pública [Internet]. 2019 Jul 1;21(4):1–6. Available from: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0124-00642019000400200&lang=pt DOI: https://doi.org/10.15446/rsap.V21n4.50016

Nicolato FV, Reis MF dos, Keulen M do SL van, Chaoubah A. GASTOS PÚBLICOS COM A PRODUÇÃO AMBULATORIAL PARA INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM HOMENS NO BRASIL: DATASUS, 2010-2019. Hygeia [Internet]. 18º de maio de 2023 [citado 11º de novembro de 2023];19:e1914. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/65770 DOI: https://doi.org/10.14393/Hygeia1965770

dos Santos Albuquerque M, Passos de Vasconcelos S, Fontelles Fontineles CF, Menezes Magalhães de Farias G, Souza Silva CD. CONSTRUÇÃO DE PODCAST SOBRE AUTOCUIDADO NA PROMOÇÃO DA SAÚDE NO SUS. Cadernos ESP [Internet]. 30º de dezembro de 2022 [citado 30º de agosto de 2023];16(4):135-8. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/942 DOI: https://doi.org/10.54620/cadesp.v16i4.942

Sacomori C, Böer L, Sperandio FF, Cardoso FL. Prevalência e variáveis associadas à incontinência urinária no terceiro trimestre gestacional. Rev Bras Saude Mater Infant [Internet]. 2013Jul;13(3):215–21. Available from: https://doi.org/10.1590/S1519-38292013000300003 DOI: https://doi.org/10.1590/S1519-38292013000300003

Santini ACM, Santos ES, Vianna LS, Bernardes JM, Dias A. Prevalence and factors associated with the occurrence of urinary incontinence during pregnancy. Rev Bras Saude Mater Infant [Internet]. 2019Sep;19(4):967–74. Available from: https://doi.org/10.1590/1806-93042019000400013 DOI: https://doi.org/10.1590/1806-93042019000400013

Souza THC, Perazzoli BL, Cestari CE. IMPLICAÇÕES ANATOMOFUNCIONAIS E FATORES DE RISCOS ASSOCIADOS À INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO NA MULHER: REVISÃO INTEGRATIVA. RCEAM [Internet]. 26º de julho de 2022 [citado 3º de abril de 2023];16(1). Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/revistamedicina/article/view/567

Downloads

Publicado

27-12-2023

Como Citar

1.
da Silva Souza LD, Lopes Barreto K. INCONTINÊNCIA URINÁRIA AUTORREFERIDA NO PERÍODO GESTACIONAL. Cadernos ESP [Internet]. 27º de dezembro de 2023 [citado 22º de abril de 2024];17(1):e1660. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/1660
Received 2023-06-07
Accepted 2023-11-13
Published 2023-12-27