A EXPERIÊNCIA DE PALIAR E DE CUIDAR NO MAIOR HOSPITAL TERCIÁRIO DO CEARÁ
PDF

Palavras-chave

Cuidados Paliativos
Ensino
Interconsulta
Hospitalização
Assistência Ambulatorial

Categorias

Como Citar

1.
de Almeida Batista G, Sales de Alencar M, Silva Gondim A. A EXPERIÊNCIA DE PALIAR E DE CUIDAR NO MAIOR HOSPITAL TERCIÁRIO DO CEARÁ. Cadernos ESP [Internet]. 27º de julho de 2021 [citado 6º de dezembro de 2021];15(1):63-7. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/541

Resumo

Objetivo: Relatar a experiência das autoras na implantação e ampliação do Serviço de Cuidados Paliativos (SCP) do maior hospital da rede pública do estado do Ceará Métodos: Relato de experiência descritivo, transversal e qualitativo. Resultados: Em 2014, foi criado o SCP do HGF, que dispõe de 541 leitos. Atualmente o serviço é composto por 16 profissionais com 3 modalidades de atendimento (consultivo, enfermaria e ambulatório), além da educação continuada. Considerações finais:  O estudo contribuiu no intuito de descrever os passos a serem seguidos por equipes que desejam implantar ou ampliar um SCP hospitalar que prioriza uma linha de cuidado paliativa multiprofissional. 

PDF

Referências

1.Carvalho RT, Parsons HA. Manual de Cuidados Paliativos ANCP. Porto Alegre: 2012.23p.
2. Knaul FM, Farmer PE, Krakauer EL, De Lima L, Bhadelia A, Jiang Kwete X, et al. Alleviating the access abyss in palliative care and pain relief—an imperative of universal health coverage: the Lancet Commission report. Lancet. 2018;391(10128):1391–454. http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(17)32513-8
3.Carvalho RT, Souza MRB, Francik EM, Polastrini RTV, Crispim D, Jales SMCP, et al. Manual da Residência de Cuidados Paliativos. Abordagem multidisciplinar. Barueri: 2018. 83p.
4.Governo do Estado do Ceará. Secretaria de Saúde. Uma história, uma trajetória; publicado em 27 de maio de 2015; acesso em 19 de abril de 2021. http://www.hgf.ce.gov.br/index.php/apresentacao/apresentacao
5 Lourençato, Frederica M. Filipe, André. Fortaleza, Ana M. Ficher, Teixeira. Carlos J, Zoppi, Daniel. Giardini, Mariana H. Dahdah, Daniel F. Quaglio RDC. Implantação de serviço de cuidados paliativos no setor de emergência de um hospital público universitário. Rev QualidadeHC. 2016;127–33.
6 Kohler LB, Cerchiaro ACB, Levites MR. Cuidados paliativos ambulatoriais e qualidade de vida em pacientes oncológicos TT - Outpatient palliative care and quality of life in cancer patients. Diagn Trat [Internet]. 2016;21(3):101–5. Available from: http://docs.bvsalud.org/biblioref/2016/08/1361/rdt_v21n3_101105.pdf%0Ahttp://document/view/y3s2m
7 Erigleide M, Stella M, Alves J. Discentes de Graduação em Medicina Palliative Care : Importance of the Subject for Medical Students. 2018;42(3):78–86. https://doi.org/10.1590/1981-52712015v42n3rb20170105.r1
8 Ribeiro BS, Coelho TO, Boery RNS de O, Vilela ABA, Yarid SD, Da Silva RS. Ensino dos Cuidados Paliativos na graduação em Enfermagem do Brasil. Enferm em Foco. 2020;10(6). DOI: 10.21675/2357-707X.2019.v10.n6.2786.