Relação entre transtorno afetivo bipolar, obesidade e suicídio
PDF

Palavras-chave

Obesidade
Sobrepeso
Transtorno bipolar
Depressão
Síndrome metabólica
Transtorno do humor
Suicídio

Como Citar

1.
Vasconcelos e Martins Gomes IE, Bastos Lima A, Vasconcelos e Martins Gomes FM. Relação entre transtorno afetivo bipolar, obesidade e suicídio : Uma revisão da literatura . Cadernos ESP [Internet]. 19º de setembro de 2019 [citado 16º de outubro de 2021];5(2):45-54. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/63

Resumo

O transtorno afetivo bipolar é um transtorno psiquiátrico em que há um alto risco de morte e morbidade associada, sendo o risco de suicídio bastante aumentado nos pacientes portadores dessa condição. A obesidade é um diagnóstico clínico comórbido bastante comum nessa população. Alguns estudos tentam correlacionar obesidade e pior desfecho no transtorno bipolar, com observação de maior número de episódios depressivos e de tentativas de suicídio nos pacientes com os dois diagnósticos. O objetivo do presente estudo é revisar os artigos que pesquisem a possível associação entre transtorno bipolar, obesidade e suicídio. Realizouse busca na literatura e foram selecionados artigos publicados em periódicos científicos das bases de dados Medline, Cochrane, Lilacs, Scielo e Pubmed. Foram utilizadas as palavras-chave: obesidade, sobrepeso, transtorno bipolar, depressão, síndrome metabólica, transtornos do humor e suicídio; tanto isoladamente como em combinação. Foram selecionados 20 artigos, que evidenciaram importante relação entre transtorno afetivo bipolar e sobrepeso/obesidade, havendo pior desfecho clínico naqueles com o diagnóstico comórbido. Houve neste grupo maior recorrência afetiva, episódios índices mais graves e pior resposta às medicações. Especificamente quanto ao suicídio, apenas dois artigos evidenciaram associação entre a comorbidade obesidade e maior risco de tentativa de suicídio previamente. Há uma clara associação entre obesidade e pior desfecho clínico nos pacientes bipolares. Ainda, parece haver uma correlação específica entre obesidade, suicídio e transtorno afetivo bipolar. Entretanto, carece a literatura de maiores estudos para melhor delinear como e em que direção as relações apontadas ocorrem.

PDF