IMPACTO EMOCIONAL DA PANDEMIA COVID-19 EM PROFISSIONAIS DO NASF-AB

Conteúdo do artigo principal

David Santos Pontes

Resumo

Conhecer o impacto emocional da pandemia COVID-19 em profissionais inseridos no NASF-AB. Pesquisa transversal, qualitativa, exploratória e descritiva, realizada com dez profissionais do município de Trairi, Ceará. Os dados sociodemográficos e laborais foram organizados e tabulados, e os depoimentos foram avaliados por meio da análise de conteúdo e a análise de similitude, por meio do software IRAMUTEC (Interface de R pour lês Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires). S maioria dos profissionais possuíam mais de 30 anos de idade, 6, e predomínio do gênero feminino, com 8 participantes. Quando questionados sobre suas emoções, todos os participantes relataram que suas emoções foram afetadas, sendo o medo e a ansiedade os sentimentos mais descritos. A pandemia COVID-19 afetou emocionalmente os profissionais de saúde, contribuindo para um quadro de sofrimento psicológico e impactando negativamente a saúde mental dos mesmos.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Santos Pontes D. IMPACTO EMOCIONAL DA PANDEMIA COVID-19 EM PROFISSIONAIS DO NASF-AB. Cadernos ESP [Internet]. 30º de dezembro de 2022 [citado 27º de janeiro de 2023];16(4):34-42. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/792
Seção
Artigos Originais

Referências

Pires ACC, Telles SCL. Fisioterapia respiratória na pandemia de Covid-19. Fisioter Pesqui. 2020; 27(2):112. DOI: 10.1590/1809-2950/00000027022020.

Schuchmann AZ, Schnorrenberger BL, Chiquetti ME, Gaiki CRS, Raimann BW, Maeyama MA. Isolamento social vertical X Isolamento social horizontal: os dilemas sanitários e sociais no enfrentamento da pandemia de COVID-19. Brazilian Journal of Health Review. 2020; 3(2): 3556–3576. DOI: 10.34119/bjhrv3n2-185.

Pereira MD, Oliveira LC, Costa CFT, Bezerra CMO, Pereira MD, Santos CKA, et al. The COVID-19 pandemic, social isolation, consequences on mental health and coping strategies: an integrative review. RSD [Internet]. 2020; 9(7): e652974548. DOI: 10.33448/rsd-v9i7.4548.

Organization WH. WHO Health Emergency Dashboard [internet]. 2022. [citado 2022-01-17]. Disponível em: https://covid19.who.int/region/amro/country/br

Daumas RP, Silva GA, Tasca R, Leite IC, Brasil P, Greco DB, et al. O papel da atenção primária na rede de atenção à saúde no Brasil: limites e possibilidades no enfrentamento da COVID-19. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2020; 36(6): e00104120. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csp/2020.v36n6/e00104120/#

Dias CS, Camelier FWR, Santos MLM. Atuação dos fisioterapeutas no âmbito da Atenção Primária à Saúde (APS) junto a usuários suspeitos ou diagnosticados com COVID-19: contribuições da Fisioterapia Respiratória. ASSOBRAFIR Ciência. 2020; 11(1 Suppl): 31-46. DOI: 10.47066/2177-9333.AC20.covid19.004.

Linhares JH, Pinto DP, Albuquerque IMN, Freitas CASL. Análise das ações da fisioterapia do NASF através do sinai no municipio de Sobral-CE. Cadernos ESP [online]. 2019 [citado 2022-01-17]; 4(2):32-41. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/53

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica Oficina de qualificação do NASF / Ministério da Saúde. Brasília (DF). 2004. [citado 2022-017-01]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/oficina_qualificacao_nasf.pdf

Ministério da Saúde. Portaria nº 2.979, de 12 de novembro de 2019. Institui o Programa Previne Brasil, que estabelece novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde, por meio da alteração da Portaria de Consolidação nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017. Diário Oficial da União 2019. [citado 2022-017-01]. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.979-de-12-de-novembro-de-2019-227652180

Ministério da Saúde. NOTA TÉCNICA Nº 3/2020-DESF/SAPS/MS. Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB) e Programa Previne Brasil. 2020. [citado 2022-017-01]. Disponível em: https://www.conasems.org.br/wp-content/uploads/2020/01/NT-NASF-AB-e-Previne-Brasil-1.pdf

Melo EA, Mendonça MHM, Oliveira JR, Andrade GCL. Mudanças na Política Nacional de Atenção Básica: entre retrocessos e desafios. SAÚDE DEBATE | RIO DE JANEIRO. 2018; 42(1): 38-51. DOI: 10.1590/0103-11042018S103.

SEI/ERJ. NOTA TÉCNICA SAPS/SGAIS/SES-RJ No 01/2020 – Orientações quanto à atuação do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB) no contexto de pandemia de Covid-19. 2020. [citado 2022-017-01]. Disponível em: https://www.saude.rj.gov.br/comum/code/MostrarArquivo.php?C=MzIyOTQ%2C

Coêlho LS, Carvalho LRB, Sousa BSA, Cruz JN, Almeida CAPL, Lino MM. Formação do enfermeiro na prevenção da hepatite B: análise de similitude e nuvens de palavras. Rev. Pre. Infec e Saúde. 2015;1(2): 34-40. DOI: 10.26694/repis.v1i2.3624.

Vendruscolo C, Metelski FK, Maffissoni AL, Tesser CD, Trindade LL. Characteristics and performance of professionals of the Expanded Family Health and Basic Healthcare Centers. Rev Esc Enferm USP. 2020; 54: e03554. DOI: 10.1590/S1980-220X2018033003554.

Belettini NP, Rodrigues F, Cruz TS, Ferreira KC, Tuon L, Coelho BLP. Fisioterapeutas integrantes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família do Estado de Santa Catarina: competências e desafios. Fisioterapia Brasil. 2013; 14(6): 433-438. DOI: 10.33233/fb.v14i6.433.

Kang L, Li Y, Hu S, Chen M, Yang C, Yang BX, et al. The mental health of medical workers in Wuhan, China dealing with the 2019 novel coronavirus. Lancet Psychiatry. 2020; 7(3): e14. DOI: 10.1016/S2215-0366(20)30047-X.

Fundação Oswaldo Cruz. Cartilha Saúde Mental e Atenção Psicossocial - Recomendações para Gestores. 2020. [citado 2022-01-17]. Disponível em: https://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/10/livro_saude_mental_covid19_Fiocruz.pdf

Ortiz JR., Quintero DC, Córdoba CL, Ceballos FY, Córdoba FE. Consecuencias de la pandemia COVID-19 en la Salud Mental asociadas al aislamiento social. 2020: 48(4): e930. DOI: 10.1590/SCIELOPREPRINTS.303.