APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE ENFERMAGEM EM IDOSO COM MULTIMORBIDADES

Conteúdo do artigo principal

Leticia Kelly Costa Silva
Cecília Carla Barroso Calazans
André Ribeiro de Castro Júnior
Marcos Augusto de Paula Santos

Resumo

Descrever a experiência de aplicação de instrumentos que possibilitam a eficácia do processo de enfermagem em idoso com multimorbidades. Trata-se de um relato de experiência sobre a aplicação do instrumento, no período de dezembro de 2021 a fevereiro de 2022, no paciente portador de morbidades, utilizando dois formulários. O primeiro associava-se aos dados subjetivos do paciente e domínios do Nanda (2021-2023), o qual elaborava diagnósticos de enfermagem; o segundo formulário abordava o autocuidado de Orem, com diversos critérios de avaliação em cada item. O resultado apresentou diversos diagnósticos de enfermagem, que incluíam controle ineficaz do regime terapêutico e disposição para controle aumentado do regime terapêutico, tendo resultados, intervenção e avaliação do estudo. Conclui-se que a utilização dos sistemas de classificação possibilitou estabelecer os diagnósticos, intervenções e resultados próprios da enfermagem, assim como possibilitou a participação ativa do paciente em todo seu plano de cuidado.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Costa Silva LK, Barroso Calazans CC, Ribeiro de Castro Júnior A, de Paula Santos MA. APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE ENFERMAGEM EM IDOSO COM MULTIMORBIDADES. Cadernos ESP [Internet]. 30º de setembro de 2022 [citado 9º de dezembro de 2022];16(3):130-5. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/875
Seção
Relato de Experiência, Atualização e/ou Inovação Tecnológica

Referências

Pariol C, Bovolini T, Sardinha L, Lemos V. A influência da autoestima no processo do envelhecimento. Diálogos Interdisciplinares. [internet] 2019 [citado 2022-03-15];8(1), 45-52. Disponível em: https://revistas.brazcubas.br/index.php/dialogos/article/view/642

Malta DC, Andrade SSCA, Oliveira TP, Moura L, Prado RR, Souza MFM. Probability of premature death for chronic non-communicable diseases, Brazil and Regions, projections to 2025. Rev Bras Epidemiol. [Internet]. 2019 [citado 2022-03-12];22(1):1-13. doi: https://doi.org/10.1590/1980-549720190030

Mullen RA, tong S, Sabo RT, Liaw WR, Marshall J, Nease DE, Frey JJ. Loneliness in primary care patients: a prevalence study. The Annals of Family Medicine.[Internet]. 2019[citado 2022-03-12] Mar;17(2):108-115. Doi: https://doi.org/doi: 10.1370/afm.2358.

Moreira JPL, Almeida RMVR, Rocha NCS, Luiz RR. Prevalence of corrected arterial hypertension based on the self-reported prevalence estimated by the Brazilian National Health Survey. Cad. Saúde Pública. [Internet]. 2020 [citado 2022-03-12];36(1):e00033619. Doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00033619

Pereira MAE, Wengert M, Sousa LGPC, Souza FA, Carvalho MS, Bernardo LD. self care on diabetes of users in a primary health care system. Cadernos ESP. [Internet]. 2022[citado 2022-03-12];16(1):10-17. doi: http://dx.doi.org/10,.54620/cadesp.v16i1.513

Brasil. Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2019-2020. Editora Científica, [internet] 2019 [citado 2022-03-15]. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/profissionais/images/DIRETRIZES-COMPLETA-2019- 2020.pdf.

Oliveira MSD, Lima JOR, Galdino Junior, Garcia TR, Bachion MM. Diagnósticos de enfermagem em pessoas com hanseníase: aproximação entre teoria de Orem e a CIPE. Rev. Eletr. Enferm. [internet] 2020 [citado 2022-03-15];22(63602):1-9. doi: https://doi.org/10.5216/ree.v22.63602

Breigeiron MK, Moraes VC, Coelho JC. Signs and symptoms in Gaucher Disease: priority nursing diagnoses. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018[citado 2022-03-12]71(1):104-10. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0434

Carvalho D, Fernandes FECV, Lira GG, Santana NLS, Melo GKM, Sousa RK, et al. Implantação do Processo de Enfermagem em unidade de cuidados intermediários. Rev baiana enferm. [Internet]. 2022[citado 2022-03-12];36:e43048. Doi: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v36.43048

Fonseca IB, Fontes CMB. Processo de enfermagem em instituição de longa permanência para idososenferm. Foco. [Internet]. 2019[citado 2022-03-12];10 (5): 191-196. Doi: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n5.2787

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)