EDUCAÇÃO PERMANENTE DE TRABALHADORES DA SAÚDE EM TEMPOS DE PANDEMIA

Conteúdo do artigo principal

Fernanda de Oliveira Sarreta
Andréia Aparecida Reis de Carvalho Liporoni
Gabriela Cristina Braga Bisco
Elaine Teixeira Alves dos Santos
Edilaine Dias Lima
Daniela Helena da Silveira

Resumo

O artigo tem como objetivo discutir a relevância da Educação Permanente em Saúde como política e estratégia do Sistema Único de Saúde para formação de trabalhadoras(es), no contexto de crises da pandemia da Covid-19. A partir da perspectiva crítica e dialética, aponta elementos para desvendar essa realidade em sua totalidade, a importância da integração formação-trabalho, com referência em estudos, pesquisas e extensão, no período de 2020 e 2021, da universidade pública do interior de São Paulo. Os resultados evidenciam um cenário de precarização das condições de vida, ausência de preparação de recursos humanos da saúde, negacionismo da técnica e da ciência. A discussão destaca a potencialidade do Sistema que, mesmo subfinanciado e precarizado, deu respostas às demandas e necessidades da população. A estratégia tem potencialidade para transformar a realidade, apropriar o conceito ampliado de saúde e construir espaços de diálogos, para dar conta do enfrentamento da pandemia.


Palavras-chave: Sistema Único de Saúde. Educação em Saúde. Pandemia.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Sarreta F de O, Reis de Carvalho Liporoni AA, Braga Bisco GC, Teixeira Alves dos Santos E, Dias Lima E, da Silveira DH. EDUCAÇÃO PERMANENTE DE TRABALHADORES DA SAÚDE EM TEMPOS DE PANDEMIA. Cadernos ESP [Internet]. 30º de setembro de 2022 [citado 9º de dezembro de 2022];16(3):24-32. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/855
Seção
Artigos Originais

Referências

Organização Mundial de Saúde. Declaração de Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional. OPAS/OMS. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875.

Boschetti I. Impactos da crise contemporânea na seguridade social: desafios postos aos assis-tentes sociais na saúde. Seminário Nacional de Serviço Social na Saúde. CFESS, Conselho Fede-ral de Serviço Social: Brasília; 2017.

Brasil. Ministério da Saúde. Lei Orgânica da Saúde nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 1990.

Bravo MIS, Pelaez EJ. A saúde nos governos Temer e Bolsonaro: lutas e resistências. Ser Social. 2020;22(46):191-209. 2020. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/25630/25147.

Netto JP. Crise do capital e consequências societárias. Rev Serv Social Soc. 2012 Jul./Set;111;413-429.

Brasil. Portaria noº198/GM - MS, de 13 de fevereiro de 2004. Institui a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde como estratégia do Sistema Único de Saúde para a formação e o desenvolvimento de trabalhadores para o setor e dá outras providências. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2004.

Minayo MCS. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 8.ed. São Paulo: Hucitec; 2004.

Sarreta FO, Bisco GCB, Santos ET, Santos TB, Silveira DH. Educação permanente sobre o SUS no enfrentamento da pandemia: rodas de conversas na região de Franca. In: Anais do 17º Congresso Paulista de Saúde Pública: Associação Paulista de Saúde Pública; 2021. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/76748.

Holanda MA. Editorial Covid-19, A ciência e o novo que sempre vem. Cadernos Esp. Ceará–Edição Especial. 2020 Jan./Jun.;14(1):9. Disponível em: https://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/422/236.

Antunes R. Pandemia desnuda as perversidades do capital contra trabalhadores [entrevista]. Carta Capital. 2020 [citado em 2020 Jun 27]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=r-DW1GSqNMg.

Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde. Vítima-padrão de Covid-19 no Brasil é homem, pobre e negro. 2020. Disponível em: https://cnts.org.br/noticias/vitima-padrao-de-covid-19-no-brasil-e-homem-pobre-e-negro/. Acesso em: 06 Jul. 2020.

Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Painel dados Covid-19. Disponível em: https://www.conass.org.br/painelconasscovid19/.

Mendes A, Carnut L. Reflexões acerca do financiamento federal da atenção básica no Sistema Único de Saúde. Saúde em Debate. 2018 Set;42:224-43.

Bravo MIS. FNCPS: 10 anos de luta pelo SUS 100% público, estatal e de qualidade e pela construção de outra sociedade. X Seminário da Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde. 12 de março de 2021. Disponível em: https://www.youtube.com/playlist?list=PLY6qsh78UQ7GCMtNQyo4iF4nzwjl-_9u-.

Organização Mundial de Saúde. Trabalhando juntos pela saúde. Relatório Mundial de Saúde 2006. OMS/OPAS. Brasília: Ministério da Saúde; 2007. Disponível em: https://www.who.int/whr/2006/06_overview_pr.pdf?ua=1 Acesso: 13 Mar. 2009.

Sarreta FO. O cenário de pandemia da Covid-19 e o protagonismo de trabalhadores de saúde. Editorial. REFACS (online). Out/Dez 2020; 8(Supl. 3):972-74. Disponível em: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/refacs.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 1996/GM/MS, de 20 de agosto de 2007. Dispõe sobre as diretrizes para a implementação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e dá outras providências. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2007.

Ceccin RB. Educação permanente em saúde: um desafio ambicioso e necessário. Interface - Com Saúde Educ. Set.2004/Fev.2005;9(16):161-77. Disponível em: http://www.escoladesaude.pr.gov.br/arquivos/File/textos%20eps/educacaopermanente.pdf.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Notícias. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/27946-divulgacao-semanal-pnadcovid1.html?=&t=noticias-e-releases.

Matta GC, Rego S, Souto EP, Segata J. Os impactos sociais da Covid-19 no Brasil: populações vulnerabilizadas e respostas à pandemia. Série Informação para Ação na Covid-19. Observatório Covid-19. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2021. 221 p. Disponível em: https://books.scielo.org/id/r3hc2.

Conselho Nacional de Saúde. CNS no enfrentamento à pandemia. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/especial-cns-no-enfrentamento-a-covid-19.

Freire P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 1987.

Emicida LRS. AmarElo. Disponível em: https://www.letras.com.br/emicida/amarelo-part-majur-e-pabllo-vittar-.