SERVIÇO SOCIAL E EDUCAÇÃO PERMANENTE FRENTE AO COVID-19

SOCIAL SERVICE AND PERMANENT EDUCATION IN FRONT OF COVID-19

  • Sarah Raquel Martins da Costa Martins Universidade Estadual do Ceará
  • Bárbara Cristina Sousa de Alencar Graduanda em Serviço Social pela UECE e Bolsista do PROENSINO no Hospital Dr.Carlos Alberto Studart Gomes - Hospital de Messejana (HM).
  • Francilene Brito de Oliveira Graduanda em Serviço Social pela UNINASSAU e Bolsista do PROENSINO no Hospital São José (HSJ).
  • Mikaelle Lima da Silva Graduanda em Serviço Social pela UECE e Bolsista do PROENSINO no Instituto de Prevenção do Câncer (IPC).
  • Rubens Barbosa da Cunha Graduando em Serviço Social pela UNINASSAU e Bolsista do PROENSINO no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE).
Palavras-chave: Serviço Social, Pandemia, Educação Permanente em Saúde (EPS), COVID-19

Resumo

Este trabalho tem como objetivo refletir sobre a atuação do Assistente Social no contexto de pandemia ocasionado pelo (Covid 19). Foi construído por cinco bolsistas do Programa Bolsa de Incentivo à Educação (PROENSINO) da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA), turma 2018/2020, lotados em serviços de saúde localizados no município de Fortaleza – CE, que através da articulação dos relatos, correspondentes ao período de março a maio de 2020, de três profissionais dos respectivos campos de estágio dos bolsistas, com a pesquisa documental e bibliográfica, construíram reflexões sobre os impactos da pandemia no contexto socioeconômico e político, bem como os rebatimentos na atuação do Assistente Social. E, diante disso, produziram propostas de intervenção voltados à categoria, tais como uma cartilha que tem como foco a socialização de informações sobre direitos sociais e vídeos sobre a importância da defesa do Sistema Único de Saúde (SUS. O que propiciou, desta forma, o enfrentamento das expressões da questão social que o Covid -19 acentuou, bem como a articulação dos conhecimentos adquiridos no âmbito da universidade com as reais demandas da população, indo ao encontro do fortalecimento da Política de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) como umas das estratégias de enfrentamento deste contexto.

PALAVRAS-CHAVE: Serviço Social; Pandemia; Educação Permanente em Saúde (EPS).

 

ABSTRACT

This work aims to reflect on the work of the Social Worker in the context of a pandemic caused by (Covid 19). It was built by five scholarship holders from the Bolsa de Incentivo à Educação program (PROENSINO) of the Ceará State Health Department (SESA), class 2018/2020, allocated to health services located in the city of Fortaleza - CE, which through the articulation of the reports, corresponding to the period from March to May 2020, of three professionals from the respective internship fields of the fellows, with documentary and bibliographic research, built reflections on the impacts of the pandemic in the socioeconomic and political context, as well as the repercussions on the performance of the Social Worker. In view of this, they produced intervention proposals aimed at the category, such as a booklet that focuses on the socialization of information on social rights and videos on the importance of defending the Unified Health System (SUS). Providing, in this way, the confrontation of the expressions of the social question that Covid -19 emphasized, as well as, the articulation of the knowledge acquired within the university with the real demands of the population, thus meeting, with the strengthening of the Permanent Education Policy in Health (PNEPS), as one of the coping strategies in this context.

KEYWORDS: Social Work; Pandemic; Permanent Health Education (EPS).

 

RESUMEN

Este trabajo tiene como objetivo reflexionar sobre el desempeño del Trabajador Social en el contexto de la pandemia causada por (Covid 19), fue construido por cinco becarios del Programa de Becas de Incentivos a la Educación (PROENSINO) de la Secretaría de Salud del Estado de Ceará (SESA), clase 2018/2020, abarrotados en servicios de salud ubicados en la ciudad de Fortaleza - CE. Que a través de la articulación de los informes, correspondientes al periodo de marzo a mayo de 2020, tres profesionales de nuestros campos de prácticas, con investigación documental y bibliográfica, construyeron reflexiones sobre los impactos de la pandemia en el contexto socioeconómico y político, así como sobre las reducciones en el desempeño del trabajador social. Y, por lo tanto, hemos construido propuestas de intervención centradas en la categoría, como un folleto que se centra en la socialización de la información sobre derechos sociales y vídeos sobre la importancia de defender el Sistema Unificado de Salud (SUS). Así, la confrontación de las expresiones de la cuestión social que Enfatizó Covid -19, así como la articulación de los conocimientos adquiridos dentro de la universidad con las demandas reales de la población, cumpliendo así con el fortalecimiento de la Política Permanente de Educación Sanitaria (PNEPS), como una de las estrategias para hacer frente a este contexto.

PALABRAS CLAVE: Trabajo Social; Pandemia; Educación Permanente para la Salud (EPS).

Referências

. Bezerra PHA. O contexto social, político e econômico do Coronavírus no Brasil e seus rebatimentos na atuação do Serviço Social. Blog. Disponível em: <https://artecritica1.blogspot.com/2020/03/o-contexto-social-politico-e-economico.html.> Acesso em: 14 maio 2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). 25 março 2020. Disponível em: <https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875> . Acesso em: 13 maio 2020.

Roquayrol, MZ. Contribuição da Epidemiologia. In: Campos GW de S, Bonfim JR de A, Minayo MC de S, Akerman M, Drumond Júnior M, Carvalho, YM de (org). Tratado da Saúde Coletiva. 2. ed. São Paulo: Hucitec; 2012.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS. Além do rendimento, além das médias, além do presente: Desigualdades no desenvolvimento humano no século XXI. Relatório do Desenvolvimento Humano 2019. 9 dez 2019. Disponível em: <http://hdr.undp.org/sites/default/files/hdr_2019_pt.pdf.> Acesso em: 14 maio 2020.

Iamamoto MV. Renovação e Conservadorismo do Serviço Social: Ensaios Críticos. São Paulo: Cortez; 1992.

Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec; 2014.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Parâmetros para Atuação de Assistentes Sociais na Política de Saúde. Brasília. CFESS; 2010.

BRASIL. Orientação Normativa nº 03, de 31 de março de 2020. Dispõe sobre ações de comunicação de boletins de saúde e óbitos por assistentes sociais. Orientação Normativa N. 3/2020. Brasília, DF: Conselho Federal de Serviço Social, 31 março 2020. Disponível em: <http://www.cfess.org.br/arquivos/OrientacaoNormat32020.pdf>. Acesso em: 30 maio 2020.

BRASIL. Protocolo nº 01, de 25 de março de 2020. Manejo de Corpos no Contexto do Novo Coronavírus Covid-19. 01. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 25 março 2020. v. 1, n. 1, p. 1-17. Disponível em: <https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/25/manejo-corpos-coronavirus-versao1-25mar20-rev5.pdf>. Acesso em: 30 maio 2020.

Netto, JP. Capitalismo monopolista e serviço social. São Paulo: Cortez; 1992.

Publicado
2020-07-22