GRUPO TERAPÊUTICO SAÚDE DE QUEM CUIDA: PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE – CEARÁ
PDF

Palavras-chave

Práticas Integrativas e Complementares
Fisioterapia
Saúde Ocupacional

Como Citar

1.
Gomes JES. GRUPO TERAPÊUTICO SAÚDE DE QUEM CUIDA: PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE – CEARÁ: THERAPEUTICAL GROUP SAUDE DE QUEM CUIDA: INTEGRATIVE AND COMPLEMENTARY PRACTICES IN SAO GONCALO DO AMARANTE – CEARA. Cadernos ESP [Internet]. 30º de dezembro de 2020 [citado 7º de dezembro de 2021];14(2):43-7. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/425

Resumo

Este estudo tem como objetivo principal descrever a experiência do grupo terapêutico Saúde de Quem Cuida, por meio de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, em São Gonçalo do Amarante, Ceará. Criado a partir das vivências na comunidade de práticas pelo Programa da Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública com ênfase na Estratégia Saúde da Família. O qual foi facilitado pelo profissional residente fisioterapeuta e pela equipe interprofissional do município, entre setembro de 2017 e fevereiro de 2019, por meio do qual foram realizadas atividades na Lagoa da Prejubaca, localizada na Região Metropolitana de Fortaleza, Ceará. Resultou em uma revitalização do espaço natural da cidade com ampliação do acesso à saúde ocupacional dos membros do grupo com interface na proposta de cuidado em práticas integrativas e complementares em saúde, como proposta inovadora no município de São Gonçalo do Amarante. Considera-se que estas práticas em locais abertos com divulgação ampla para a comunidade trouxeram significativos resultados no cuidado em saúde de forma integrada e longitudinal na Estratégia Saúde da Família, com apoio da residência multiprofissional e dos profissionais do município.

ABSTRACT
This study has as main objective to describe the experience of the therapeutic group Saúde de Quem Cuida through Integrative and Complementary Practices in Health, in São Gonçalo do Amarante, Ceará. Created from the experiences in the community of practices by the Integrated Health Residency program of the School of Public Health with an emphasis on the Family Health Strategy, which was facilitated by the resident physiotherapist and interprofessional team from the municipality, between September 2017 and February 2019, for which activities were carried out in Lagoa da Prejubaca, located in the Metropolitan Region of Fortaleza, Ceará. It resulted in a revitalization of the city’s natural space with increased access to occupational health for group members with an interface in the care proposal in integrative and complementary health practices as an innovative proposal in the municipality of São Gonçalo do Amarante. It is considered that these practices in open places with wide dissemination to the community brought significant results in health care in an integrated and longitudinal way in the Family Health Strategy with support from the multiprofessional residency and professionals from the municipality.
Keywords: Integrative and Complementary Practices; Physiotherapy; Occupational Health.

RESUMEN
Este estudio tiene como objetivo principal describir la experiencia del grupo terapéutico Saúde de Quem Cuida a través de Prácticas Integrativas y Complementarias en Salud, en São Gonçalo do Amarante, Ceará. Creado a partir de las experiencias en la comunidad de prácticas por el programa Residencia Integral en Salud de la Facultad de Salud Pública con énfasis en la Estrategia Salud de la Familia, la cual fue facilitada por la fisioterapeuta residente y equipo interprofesional del municipio, entre septiembre de 2017 y febrero de 2019 , para lo cual se realizaron actividades en Lagoa da Prejubaca, ubicada en la Región Metropolitana de Fortaleza, Ceará. Resultó en una revitalización del espacio natural de la ciudad con un mayor acceso a la salud ocupacional para los miembros del grupo con una interfaz en la propuesta de atención en prácticas de salud integradoras y complementarias como una propuesta innovadora en el municipio de São Gonçalo do Amarante. Se considera que estas prácticas en espacios abiertos con amplia difusión a la comunidad trajeron resultados significativos en el cuidado de la salud de manera integrada y longitudinal en la Estrategia Salud de la Familia con apoyo de la residencia multiprofesional y profesionales del municipio.
Palavras-Clave: Prácticas integradoras y complementarias; Fisioterapia; Salud ocupacional.

PDF

Referências

1. Randow, R. et al. Periferização das práticas integrativas e complementares na atenção primária à saúde: desafios da implantação do Lian Gong como prática de promoção à saúde. Rev Bras Prom. Saúde, Fortaleza, 2016.
2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual de implantação de serviços de práticas integrativas e complementares no SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2018. p. 27. Disponível em: <http://dab.saude.gov.br/portaldab/biblioteca.php?conteudo=publicacoes/manual_implantacao_servicos_pics>. Acesso em: 16 jul. 2018.
3. Recco, R. A. C; Lopes, S. M. B. Sobre Fisioterapia e seus recursos terapêuticos: o grupo como estratégia complementar à reabilitação. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 593-610, ago. 2016.
4. Sousa, S. T. K; Picanço, A. P. A percepção de trabalhadores da saúde em relação a sua qualidade de vida, no grupo da prática corporal chinesa: Lian Gong. DESAFIOS: Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins. V. 2 – n. 01. p.190-199, 2015. Disponível em: <https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/ar-ticle/view/1479/8356>. Acesso em: 16 jul. 2018.
5. Paula, A.; Haiduke, I. F.; Marques, I. A. Ergonomia e Gestão: complementariedade para a redução dos afastamentos e do stress, visando melhoria da qualidade de vida do trabalhador. Revista Conbrad, Maringá, v.1, n.1, 2016. p. 121-136. Disponível em: <www.revistaconbrad.com.br/editorial/index.php/conbrad/article/view/16>. Acesso em: 18 jul. 2018.
6. Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 1.823, de 23 de agosto de 2012. Institui a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 ago. 2012. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt1823_23_08_2012.html>. Acesso em: 18 jul. 2018.