Educação em Saúde Bucal para Trabalhadores Ferramenta de Sustentabilidade para Empresas

Conteúdo do artigo principal

Cosmo Helder Ferreira da Silva
Paula Ventura da Silveira
Carlos Santos de Castro Filho

Resumo

A educação em saúde, necessariamentedeverá ser pensada como capaz dedesenvolver nas pessoas a noção críticados fatores reais de seus problemas e,ao mesmo tempo, criar prontidão paraatuar no sentido da mudança. Este estudoobjetivou descrever a utilização da açãode educação em saúde, como promoçãode saúde bucal em trabalhadores deuma fábrica calçadista. Como resultadosna avaliação inicial, antes da palestraeducativa, tivemos que cerca de 56%dos participantes procuravam assistênciaodontológica de 6 em 6 meses. Para43,59% dos trabalhadores a hora maisimportante de escovar os dentes era apósas refeições. Contudo ao final da atividadeeducativa para 87,18% o horário maisimportante foi antes de dormir. Sobre suahigiene bucal antes da atividade educativa,(72%) dos pesquisados consideraram asua saúde bucal boa, e depois da palestrasomente (67%) consideraram ter a saúdebucal boa. Concluiu-se que a utilizaçãoda educação em saúde no ambiente detrabalho promove mudanças de hábitosde higiene bucal.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Helder Ferreira da Silva C, Ventura da Silveira P, Santos de Castro Filho C. Educação em Saúde Bucal para Trabalhadores: Ferramenta de Sustentabilidade para Empresas. Cadernos ESP [Internet]. 19º de setembro de 2019 [citado 5º de dezembro de 2022];7(1):27-3. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/67
Seção
Artigos Originais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.