IMPLANTAÇÃO DE UM SERVIÇO DE ATENÇÃO À PESSOA IDOSA NO INTERIOR DO CEARÁ

Conteúdo do artigo principal

Bruna Clemente Costa
Luciano Almeida dos Santos Filho
Liana Mara Rocha Teles

Resumo

O aumento da proporção de idosos é um fenômeno global que ocasiona transformações demográficas e epidemiológicas, modificando o perfil de saúde da população e a demanda sobre o sistema. Este estudo teve como objetivo descrever a implantação de um serviço de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa no município de São Gonçalo do Amarante, Ceará. Assim, foi possível realizar, pela perspectiva multiprofissional, monitoramento clínico de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), avaliação de funcionalidade, manejo da polifarmácia e ações coletivas de promoção da saúde, entre outras estratégias que interrompem o modelo biomédico e focam na manutenção da qualidade de vida. Nesse contexto, este serviço tem sido uma estratégia de grande impacto para a atenção qualificada ao idoso, o qual passou a ter medidas mais eficazes de autocuidado e apoio profissional no controle das DCNT.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Clemente Costa B, Almeida dos Santos Filho L, Rocha Teles LM. IMPLANTAÇÃO DE UM SERVIÇO DE ATENÇÃO À PESSOA IDOSA NO INTERIOR DO CEARÁ . Cadernos ESP [Internet]. 30º de setembro de 2022 [citado 10º de dezembro de 2022];16(3):148-53. Disponível em: //cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/979
Seção
Sessão Especial Políticas Públicas - Programa Cuidar Melhor
Biografia do Autor

Bruna Clemente Costa, Secretaria de Saúde de São Gonçalo do Amarante. São Gonçalo do Amarante, Ceará, Brasil.

Enfermeira, residência multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade, atuando na saúde do idoso em São Gonçalo do Amarante

Luciano Almeida dos Santos Filho, Secretaria de Saúde de São Gonçalo do Amarante. São Gonçalo do Amarante, Ceará, Brasil.

Médico especialista em Saúde da Pessoa Idosa, membro associado da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, atuando na saúde do idoso em São Gonçalo do Amarante. 

Liana Mara Rocha Teles, Secretaria de Saúde de São Gonçalo do Amarante. São Gonçalo do Amarante, Ceará, Brasil.

Enfermeira doutora em Promoção da Saúde, Professora Adjunta do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Ceará, atualmente Secretária de Saúde do município de São Gonçalo do Amarante

Referências

Aquino R et al. Estratégia de Saúde da Família e reordenamento do sistema de serviços de saúde. In: PAIM, J. S.; ALMEIDA-FILHO, N. (Org.). Saúde Coletiva: teoria e prática. Rio de Janeiro: Medbook, 2014. p. 353-371.

Brasil. Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Portaria nº 2.528, de 19 de outubro de 2006. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Poder Executivo, Ministério da Saúde, Brasília, DF, 19 de outubro de 2006, seção 1, p. 142-145.

Chaimowicz F. Saúde do idoso/ Flávio Chaimowicz com colaboração de: Eulita Maria Barcelos, Maria Dolores S. Madureira e Marco Túlio de Freitas Ribeiro. – Belo Horizonte: Nescon/UFMG, Coopmed, 2009. 172p. : il., 22x27cm.

Medeiros KKAS, Junior EPP, Bousquat A, Medina MG. O desafio da integralidade no cuidado ao idoso, no âmbito da Atenção Primária à Saúde. Saúde em Debate [online]. 2017, v. 41, spe 3 [Acessado 19 Junho 2022] , pp. 288-295. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0103-11042017S322>. ISSN 2358-2898. https://doi.org/10.1590/0103-11042017S322.

Moraes EM, Carmo JA, Moraes FL, Azevedo RS, Machado CJ, Montilla DER. Clinical-Functional Vulnerability Index-20 (IVCF-20): rapid recognition of frail older adults. Revista de Saúde Pública [online]. 2016, v. 50 [Acessado 19 Junho 2022] , 81. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1518-8787.2016050006963>. Epub 22 Dez 2016. ISSN 1518-8787. https://doi.org/10.1590/S1518-8787.2016050006963.

Organização Mundial Da Saúde (OMS). Envelhecimento ativo: uma política de saúde / World Health Organization; tradução Suzana Gontijo. – Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2005. 60p.: il.

Perracini MR, Filó CM. Funcionalidade e envelhecimento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan , 2009.

Ramos LR. Saúde Pública e envelhecimento: o paradigma da capacidade funcional. Boletim do Instituto de Saúde, São Paulo, n. 47, p. 40-41, 2009.

Vasconcellos M, Grillo CJM, Soares MS. Práticas pedagógica em atenção básica à saúde: Técnicas para abordagem ao indivíduo, família e comunidade. Apostila do curso de especialização em atenção básica em saúde da família. Belo Horizonte : Edi. UFMG, 2009.

Veras R. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 43, n. 3, p. 548-54, 2009. Disponível em: <http://www.scielosp.org/pdf/rsp/v43n3/224.pdf>.